Pular para o conteúdo

Polícia Federal prende bolivianos e uma brasileira vendendo gasolina contrabandeada em Brasiléia

Veículo boliviano apreendido era usado para o contrabando do combustível ilegal no lado brasileiro  Foto Alexandre LimaUma operação da Polícia Federal na manhã desta terça-feira, dia 11, resultou na prisão e detenção em flagrante delito de cinco pessoas que estariam praticando o comércio ilícito de combustível da cidade de Cobija na cidade de Brasiléia.

Segundo foi apurado, os trabalhos de investigação já vinham ocorrendo há meses, quando descobriram que uma casa localizada no Centro de Brasiléia, comercializava a gasolina que era trazida por bolivianos e tinha como principal clientes, taxistas brasileiros.

Foi quando se prepararam para deter em flagrante delito, todos os envolvidos. A blitz surpresa resultou na apreensão de combustível, dois bolivianos e a proprietária da casa que vinha recebendo e comercializando clandestinamente, além de dois taxistas.

Todos os nomes dos que foram levados à sede da PF em Epitaciolândia, estão sendo mantidos em sigilo para que não atrapalhe as investigações, já que existem outros envolvidos no contrabando de combustível na fronteira e podem ser detidos a qualquer momento.

A detenção em flagrante, poderá gerar penalidades severas. Os taxistas que estavam no momento da abordagem, pagaram fiança e deverão se apresentar nos próximos dias para serem ouvidos pelo delegado da PF.

Os bolivianos e a brasileira ficaram detidos na delegacia, poderão responder por crimes previstos no Código Penal (contrabando, comércio ilegal e formação de quadrilha), além de crime ambiental por estocar produto nocivo ao meio ambiente, podendo ser condenados de 1 a 3 anos de reclusão.

O combustível e o carro dos bolivianos foram levados ao pátio da Polícia Federal. Os táxis também foram retidos, mas seriam liberados algumas horas depois. (Do Portal O Alto Acre)