Gazetinhas 12/03/2014

* Chuvas fortes, muitos raios e ventania…

* A previsão é do nosso brujo do tempo, Davi Friale, que alerta também para uma possível queda na temperatura, nesta quarta-feira.

* Mas não é friagem, hein, gente!

* Não vão distorcer o que o homem diz…

* Depois ele pega fama de charlatão por aí e ninguém sabe o motivo.

* El Brujo já anda p. da vida com essa história de todo mundo opinar sobre as causas da enchente do Rio Madeira.

* Tá brabo ó!

* Segundo ele, é tudo bobagem o que se ouve, relacionando as barragens de Jirau e de Santo Antônio com as inundações em Rondônia e na Bolívia. 

* A causa é natural e foi prevista e anunciada com muita antecedência.

* “Se você é ignorante no assunto, é melhor ficar calado e ouvir de quem entende para aprender e não passar vergonha”.

* Óoooi!

* Vale conferir o artigo na página 4.

* Independente das causas, que devem, sim, ser apuradas, o que sabemos, na prática, é que os impactos estão cada vez mais sérios por aqui.

* E quando pega no bolso, meu amigo…

* Agora, os empresários locais ganharam inimigos!

* Em coletiva ontem, admitiram a alta dos preços em alguns produtos, mas negaram a relação com a cheia do Rio Madeira.

* A defesa é que os itens que sofreram os maiores reajustes também apresentaram a mesma alteração em escala nacional.

* Dizem que a questão é pontual, um problema de custo mesmo.

* Huum. Quanta coincidência…

* Colou não ó.

* Mas honesto seria admitir o óbvio:

* Faz parte do sistema capitalista, e, no Acre, não será diferente.

* Até porque, se a cheia se prolongar, conforme previsto, e o mercado ficar ainda mais desabastecido, outros produtos ficarão escassos e, consequentemente, mais caros.

* A demanda vai impor isso. É a lógica do mercado.

* E não vai dar pra atribuir tudo ao “cenário nacional”.

* Resumindo: é o povo que sempre vai pagar a conta.

* Bafinho de ontem a prisão do organizador do “rolezinho” acreano, acusado de vários golpes de estelionato.

* De acordo com a polícia, a figura se passava por “ativista dos Direitos Humanos” e teria lesado mais de 300 famílias carentes da zona rural.

* Pedia dinheiro para contratar um advogado, prometendo defesa em processos de reintegração de posse, e depois sumia…

* Os valores exigidos variavam entre R$ 40 e R$ 100.

* Só não entendi uma coisa: a polícia afirmou que o tal sujeito é um dos maiores estelionatários do Acre!

* Mas cobrando esse valor??

* Estão por fora, viu!

* Tem malandro muito mais “esperto” dando banda por aqui…

* Maíra Martinello.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation