Pular para o conteúdo

Quanta ignorância!

Não consigo imaginar como tantas pessoas, que não são da área de engenharia nem de meteorologia, aparecem para afirmar que as represas de Jirau e Santo Antônio, em Rondônia, são a causa das gigantescas inundações que estão ocorrendo.

E o mais interessante que só quem vem com essas ignorâncias são pessoas que não são da área!

Não seria necessário  sequer ser formado em curso superior de  engenharia ou de meteorologia para entender que se trata de um fenômeno natural. Basta conhecer o nível do reservatório da represa, em relação aos locais das grandes inundações, na Bolívia, por exemplo, e entender, pelas simples leis da física, que seria uma aberração afirmar que a culpa é das hidroelétricas.

Imagine médicos dando opiniões sobre engenharia, promotores de Justiça falando de meteorologia, sociólogos falando das técnicas de aviação e, assim por diante! É o que está acontecendo, em relação às inundações, em Rondônia e na Bolívia.

Quem tem autoridade para falar e decidir sobre o assunto são os engenheiros, físicos, meteorologistas e pessoas de áreas semelhantes, mas, não o Ministério Público, o médico, o professor de língua portuguesa, o motorista ou seja quem for.

É interessante que, exatamente, os engenheiros e meteorologistas são os únicos que não culpam as represas porque eles, realmente, entendem do assunto.

É muito fácil dizer isso ou aquilo, mas provar o que se diz, aí complica! Onde estão as provas? Coincidência não é prova de nada!

Se essas hidroelétricas tivessem sido construídas há 30 anos, não teria havido nenhum problema com inundações até 2013, pois, nesse período, não choveu com tanta intensidade no território boliviano.

Se você é ignorante no assunto, é melhor ficar calado e ouvir de quem entende para aprender e não passar vergonha com seus argumentos sem solidez, sem base, sem raiz.

Mais uma vez, repito e afirmo: as barragens de Jirau e de Santo Antônio não têm nenhuma ligação com as inundações, em Rondônia e na Bolívia.

O que está acontecendo são eventos climáticos que, a cada 60 anos, aproximadamente, e durante um período de 15 anos, ocorrem, em toda a Terra, provocando chuvas intensas, frio e calor extremos e, também, não é causado pelo homem, como muitos querem impor.

É tão natural o que está acontecendo que previmos e avisamos, com 15 dias de antecedência, que o rio Madeira teria a maior cheia de que se tem registro! O que a maioria fez? Riu e não deu a menor importância para os nossos alertas! Agora querem culpar o inocente e ignorar nossos avisos e alertas!

Portanto, vamos trabalhar, cada um na sua área, para resolver a situação e não perder tempo em falar coisas sem fundamento!

* Davi Friale é pesquisador.