Professores paralisam atividades e greve deverá ser definida no fim do mês

 Os professores da Universidade Federal do Acre paralisaram as atividades nesta quarta-feira, 19, ao realizar uma assembleia que definirá uma greve um abril. O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, deve se reunir nos próximos dias 29 e 30, em Brasília, no Distrito Federal, para deliberar as propostas dos Estados.
De acordo com o primeiro secretário da Associação De Docentes Da Universidade Federal Do Acre (Adufac), Moises Silveira Lobão, a maior parte dos professores aderiu o movimento que luta pela aprovação do Plano de Carreira construído pela categoria.

“Além disso, queremos melhorias na condição de trabalho que reflete na melhor qualidade de ensino. Existem outras reivindicações que são conjuntas com os servidores federais, como por exemplo, data base e isonomia”, explica o professor.

 Em 2012, o comando nacional de greve coordenou uma greve nacional por 123 dias – a mais longa da história do ensino superior – e teve adesão de 58 das 59 universidades federais. Na época, o sindicato nacional afirmou que mesmo com o fim da greve, haviam sido estabelecidas “ações para a continuidade da mobilização da categoria”.
Além dos professores, os técnicos-administrativos em educação também definiram para março o início da paralisação nacional. O grupo, que atua em atividades administrativas dentro das universidades, entrou em greve no último dia 17, segunda-feira.

 Segundo a Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra), a categoria concentra 180 mil trabalhadores e reivindica melhorias nas condições de trabalho, jornada de 30 horas semanais e a revogação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), que rege o regime de trabalho nos hospitais universitários. Vale ressaltar que o Acre ainda não possui um hospital desse padrão.

 Por ser ano de eleição à presidente da República, as entidades sindicalistas podem aproveitar o momento político para fazer mais pressão.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation