Rondônia começa novas obras para manter o tráfego de caminhões pela BR-364 alagada

RO dentro fotoAs obras emergenciais previstas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para manter a trafegabilidade na BR-364, no território de Rondônia, no trecho que a lâmina d’água chega a 1,30m variando a 1,40m iniciaram nesta sexta-feira, 21, na região do Abunã.

De acordo com assessor especial de Governo, Carlos Rebello, a intervenção está sendo feita no trecho da balsa do Abunã, que faz a travessia no Rio Madeira. “Está sendo feito um levantamento do nível da pista para que os caminhões possam atravessar. As obras são num trecho de cerca de 400 metros, onde o rio invadiu a pista”, detalhou.

Rebello adiantou ainda que máquinas e caminhões do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) seguiram para a região onde, a partir deste sábado, 22, iniciam as obras de construção de dois portos de atracagem. “Essas obras serão na região de Palmeiral e Mutum Paraná, também conhecida como Velha Mutum. Os caminhões do Deracre estão levando pedras do tipo rachão e está indo também uma pá carregadeira”, disse.

A equipe da Defesa Civil do Acre e o assessor especial Carlos Rebello continuarão em Rondônia atuando como interlocutores do governo acreano na comunicação com o Dnit, Polícia Rodoviária Federal e demais órgãos federais e do estado de Rondônia que estão trabalhando nas ações para garantir a trafegabilidade na rodovia e manter o abastecimento de bens de consumo essenciais do Acre. (Secom)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation