Técnicos da Ufac completam nove dias em greve e realizam assembleia em frente o Colégio de Aplicação

 Os servidores da Universidade Federal do Acre (Ufac) completam nove dias de greve e nesta terça-feira, 25, realizam uma assembleia em frente ao Colégio de Aplicação. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do 3º grau (Sintest-Acre), Robson Mendonça, ressalta que ainda não houve qualquer sinal de negociação por parte do governo federal.
O movimento é nacional e conta contou com a adesão de outras duas universidades totalizando pelo menos 12 instituições com em greve.

“Vamos permanecer em greve por tempo indeterminado, até que haja uma proposta favorável para nós. Além disso, queremos o cumprimento do acordo estabelecido em 2012 em sua totalidade. O decreto que traz a jornada de 30 horas semanais é algo que não está sendo cumprido”, confirmou o presidente.

 A categoria reivindica reposição inflacionada, do adiantamento dos 10% do acordo firmado durante a greve em 2012, mais 10% do PIB para a educação, racionalização de cargos, isonomia salarial, reposição dos aposentados na tabela, os servidores reivindicam principalmente uma data base para o aumento do salário da categoria e pautas locais, como a flexibilização da jornada de trabalho.

 Os mais de 15 mil alunos que estudam na universidade terão aula normal. Apenas os serviços de secretaria e manutenção estão suspensos.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation