Presidiário em condicional é executado com quatro tiros no peito, no Alto Alegre

Alex dos Santos foi atingido por dupla na frente de casa
Alex dos Santos foi atingido por dupla na frente de casa

LENILDA CAVALCANTE

O presidiário em liberdade condicional Alex Rodrigo Messias dos Santos, 26 anos, foi executado com quatro tiros no peito. O crime aconteceu por volta das 23h de segunda-feira (21), na Travessa Paulistana no bairro Alto Alegre. Os disparos foram efetuados por dois homens desconhecidos e que estavam em uma moto.

Segundo informações, Rodrigo dos Santos deveria ter ido dormir no presídio, conforme determina a Lei de Execução Penal. Rodrigo foi beneficiado com a progressão de pena para regime condicional, na qual poderia passar o dia trabalhando, mas de noite retornava para dormir na prisão.

Rodrigo não voltou para o presídio e se deu mal. Foi quando dois homens em uma moto foram até a frente da sua casa. O garupa chamou pelo nome de Rodrigo, que já estava deitado.

Ao ouvir o chamado, Rodrigo teria se levantado só de camiseta e cueca. Quando foi ao portão, ele foi alvejado com vários tiros, sendo que quatro atingiram o peito da vítima, que caiu na calçada.

Cerca de 200 metros à frente, a mesma dupla efetuou outros disparos, que atingiram de raspão na perna outro homem (não identificado).

Uma equipe de suporte avançado do Samu foi acionada para socorrer a vítima. Mas, ao chegar ao local, Alex Rodrigo já estava morto.

Quando a equipe do Samu saía do bairro e retornava para a base no Centro da cidade, foi interceptada pelo carro que socorria a outra vítima, atingida com tiro na perna.

Policiais militares do 5º Batalhão e do Bope estiveram no local. Só que as informações repassadas à polícia foram mínimas, não possibilitando identificar os criminosos.

(Foto: Cedida)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation