Sopro de esperança

A operação da Polícia Federal e da Receita, ontem em Vitória (ES) na sede da empresa Ympactus Comercial, que representa a marca Telexfree no país, foi vista ontem como mais um sopro de esperança entre os milhares de divulgadores que tiveram dinheiro retido pela Justiça, sobretudo, os que foram induzidos a acreditar que o negócio era verdadeiro e promissor.

Como a investigação de um caso complexo pode levar muito tempo, inquérito que apura indícios de pirâmide financeira contra a empresa, finalmente, parece dar amostras de que será concluído.

O trabalho de ontem, que inclui a coleta de documentos, mídias, notebooks e smart-phones, deverão reforçar ainda mais a materialidade do suposto crime praticado pela empresa Telexfree. Por isso, é preciso que os acreanos estejam atentos ao desenrolar do rito, daqui em diante, para que possam, eventualmente, estar recebendo o dinheiro, ou pelo menos parte dele, que foi apreendido pela Justiça.

Assuntos desta notícia