Depasa é denunciada por moradores do bairro Nova Esperança por destruir ruas e não voltar para arrumar

 Na manhã desta sexta-feira (24), moradores do bairro Nova Esperança fecharam as ruas Rio de Janeiro e 7 de Setembro em protesto.

De acordo com uma moradora, as ruas estariam asfaltadas, mas o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) teria realizado um serviço de encanamento de esgoto, tirando o asfalto das ruas e não teriam retornado para repará-las, deixando eles na lama. Quando chove fica impossível trafegar com veículo e quando faz sol, a poeira toma conta de tudo.

Segundo o engenheiro da construtora contratada para realizar o serviço, Ary Júnior, as ruas não estariam no orçamento do programa Ruas do Povo e por isso não foi realizado o serviço de recuperação. Ary disse que as ruas só poderão ser asfaltadas se o Estado fizer um orçamento complementar, com previsão para o ano de 2015.

Marcos Vinícius, diretor do Depasa, esteve no local para negociar com os manifestantes. Propuseram-se a disponibilizar uma máquina para fazer um serviço de raspagem das ruas que apresentam problemas, mas para asfaltar não tem previsão. Os manifestantes não aceitaram a proposta do governo e mantêm as ruas fechadas por tempo indeterminado.

depasa_protesto protesto_depasa

Assuntos desta notícia