Mais de mil benefícios do Bolsa Família são bloqueados no Acre

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), foram bloqueados 1.510 benefícios do programa Bolsa Família. O motivo foi a falta de atualização, por mais de dois anos, dos beneficiários. A revisão cadastral começou em maio do ano passado e foi até o dia 16 janeiro.

Mais de 1,2 milhão de famílias foram convocadas, por mensagem no extrato do benefício, para procurar os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) ou a prefeitura. No Acre, foram convocadas 4.449 famílias.  Atualmente, recebem o benefício 78.537 famílias acreanas. Somente em Rio Branco, são 23.780 famílias que dependem do benefício.

Os estados de Rondônia (46,4%), Mato Grosso (44,7%) e Rio de Janeiro (44%) tiveram os maiores percentuais de famílias que não procuraram o setor responsável pelo Bolsa Família.

A atualização cadastral é uma ação periódica do Bolsa Família, que verifica se as famílias beneficiárias continuam com perfil para receber o benefício. Qualquer alteração – no endereço, na renda, na composição familiar ou na localização da escola dos filhos para acompanhamento da frequência escolar – deve ser comunicada à gestão municipal e registrada no cadastro da família.

Assuntos desta notícia