Gazetinhas 16/04/2015

* Corre, corre, que o Moro te pega!

* Ele, o juiz paranaense Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato.

* É o bicho, hein?

* Ontem, foi o dia da prisão do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto.

* Ou melhor, ex-tesoureiro, né?

* Já que Vaccari, enfim, pediu o afastamento, por “questões práticas e legais”, da Secretaria de Finanças do partido.

* Sob muita “solidariedade” e votos de confiança dos colegas de legenda, vale frisar.

* Mas, convenhamos, já não era sem tempo.

* Enrolado até o pescoço nas denúncias do esquema de corrupção da Petrobras, o mínimo que se esperava era o distanciamento da função, até que as acusações sejam esclarecidas.

* É o correto, o sensato, o mais transparente a ser feito.

* É o que manda qualquer manual básico de gerenciamento de crise.

* Sobre a prisão, vale considerar alguns argumentos pertinentes do juiz Sérgio Moro:

* Primeiro, que a corrupção não tem cores partidárias;

* E também não é monopólio de governos específicos.

* Portanto, não é “contra o PT”.

* O juiz destaca que outros acusados de intermediar o recebimento de propina para partidos, como o doleiro Alberto Youssef (PP) e Fernando Soares (PMDB) também estão presos.

* Segundo: Vaccari deve ficar preso preventivamente por causa do seu poder de influência e pela possibilidade de atrapalhar as investigações;

* Terceiro e o mais importante: identificadas as provas, qualquer indivíduo que comete crimes graves deve ser alcançado pela lei.

* E isso ninguém discute.

* Emocionante a homenagem feita pela OAB nacional ao advogado Florindo Poersch, falecido em julho do ano passado.

* Num documentário de pouco mais de 14 minutos, foi registrada a importância do legado do ex-presidente da OAB-AC, principalmente pa-ra a reestruturação e o prestígio da instituição em nível local e nacional.

* A personalidade intensa e carismática do “barão” também foi exaltada pelos colegas que contribuíram com o vídeo.

* Justo e merecido reconhecimento.

* O telefone toca.

* É ele, o brujo do tempo, Davi Friale.

* Aos críticos e incrédulos, manda avisar que uma forte frente fria atingirá, nos próximos dias, o Acre, o sul do Amazonas e o oeste de Rondônia e de Mato Grosso.

* “Ocorreram fatores que fizeram com que a chegada da primeira friagem deste ano ocorra apenas na próxima semana”.

* É semana que vem, então, El Brujo?

* “Após o feriado de Tiradentes”, anuncia ele, enigmático.

* Diz que, de agora em diante, quer ser chamado de “Oráculo”.

* Ah, para!

Assuntos desta notícia