Pular para o conteúdo

Venda de veículos cai 23,9% em agosto ante 2014, diz Fenabrave

 A venda de veículos no Brasil teve queda de 23,92% em agosto, ao comparar com o mesmo mês do ano passado, de acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

De acordo com a entidade, foram 207.269 automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões emplacados no mês passado, enquanto agosto de 2014 teve 272.448. O valor representa um decréscimo de 8,94% em relação a julho deste ano, que somou 227.613 unidades.



Nos primeiros oito meses do ano, as concessionárias venderam 21,35% menos do que no mesmo período de 2014. Houve 1,75 milhão de emplacamentos contra 2,23 milhões no ano passado.

“As causas que justificam os números são a crise política, que está piorando a situação econômica, a falta de confiança do consumidor em alta, desemprego e inflação em alta, aumento dos juros, e queda do PIB já no ano de 2015”, afirmou Alarico Assumpção, presidente da Fenabrave.

Segundo o executivo, há estoque para 45 dias, com cerca de 310 mil unidades, considerando concessionárias e pátio de fábricas. “O consumidor tem preferido um usado mais equipado do que um novo”, apontou.

Concessionárias fechadas

Até agosto, houve uma redução de 347 concessionárias no país. No total, 691 revendas não emplacaram veículos, enquanto 344 lojas abriram as portas. “Se marcas como Jeep e Audi não tivessem aumentado a rede, este saldo seria ainda pior”, comentou Alarico. Apenas no setor de distribuição, 17 mil empregos deixaram de existir, segundo a Fenabrave.

error: Conteúdo protegido!!!