Pular para o conteúdo
Claudia Correia

Seja positivo!

Olá, Tudo bem?

Como vai você?



Ultimamente tenho percebido o ‘desespero’ de muitas pessoas, e isto me deixa reflexiva.

Infelizmente nossa nação vive uma crise assustadora que tem atingido todas as áreas e setores de nossas vidas.

Aquele que vive dignamente do seu salário tem sido afetado financeiramente com a insegurança e incertezas da vida, e consequentemente seu estado emocional também.

O nível de estresse tem aumentado, a falta de paciência, a descrença, a agressividade, a depressão, a revolta contra os governantes corruptos, a irritabilidade e falta de fé, tem invadido lares e atingindo seus familiares, tirando sua paz e tranquilidade.

O sonho pela estabilidade tem sido frustrado.

Afinal, o que é estabilidade?

É viver toda uma vida ganhando um salário que não permite sonhar, planejar, fazer outra coisa, a não ser, comer, pagar muito mal as despesas a qual se  luta para economizar e pagar a energia e demais impostos? Isso é estabilidade?

Vejo os seres humanos vivendo e se alimentando de utopia, acreditando de fato, em uma estabilidade falsa, enganadora e empobrecedora, inclusive intelectualmente.

Neste tempo de crise, poucos são aqueles que conseguem viverem bem, ou porque souberam aproveitar o tempo das vacas gordas e assim investiram de forma inteligente no empreendedorismo, ou conseguiram guardar, fazer alguma reserva, e outros por que possuem as ricas vantagens que os  dignos trabalhadores não tem.

É muito triste e preocupante ver pais aflitos com a educação escolar dos filhos, empresários sem terem como pagar seus colaboradores, a falta de emprego, afinal, as empresas não suportando, demitem ou estão falindo, e os estados que pouco tem empresas, aí é que a coisa fica feia.

Entrando nos relacionamentos, infelizmente, diante de uma crise como esta até as relações são afetadas e patologias desenvolvidas. E quanto aos suicídios? Falarei desta realidade de uma próxima vez. Combinado?

Os casais estão em crise!

As famílias estão sofrendo!

As estruturas emocionais das famílias estão a cada dia se desestruturando.

O estresse e a ansiedade tomaram conta do lar. Mas afinal, o que é lar? Como chamar de lar um lugar onde seus membros estão se desencontrando e se agredindo?

Os assaltos, a criminalidade, o tráfico e a dependência química tem aumentado.

Aqui, eu me refiro as drogas lícitas e as ilícitas.

A ansiedade e o estresse têm levado muitos a afogarem as suas mágoas, dores e desespero na bebida. Pura ilusão! No outro dia, após o efeito, você, meu amigo e minha querida amiga, se depara novamente com a realidade, dura e crua.

A tristeza tem tomado conta de muitas casas, comunidades e igrejas.

Mas precisamos MUDAR ESTA REALIDADE!

Como assim Claudia? Por acaso você tem alguma mágica?

Tenho não! Mas acredito no poder da superação. Na verdade, acredito em Deus, pois é Ele que nos faz superar os piores momentos.

Eu gostaria que você refletisse comigo nestas seguintes palavras: Pensamentos negativos, produzem sentimentos negativo e consequentemente comportamentos negativos.

Olha só, se você permanecer mesmo diante desta crise permitindo que a sua mente PRODUZA PENSAMENTOS NEGATIVOS, eu lamento informar que você não sairá do lugar e atrairá ainda mais, tudo que for negativo para sua vida.

Pior ainda, produzirá SENTIMENTOS NEGATIVOS, ou seja: eu não vou conseguir, sou um (a) fracassado (a), sou um perdedor (a) nato, até Deus esqueceu de mim, nem sei por que existo e blá, blá, blá, blá…,

Realmente, com estes sentimentos negativos o seu corpo e a sua mente se comportará segundo as informações que estiverem recebendo, e como percebe, diante de tais frases pobres negativamente, não pode vir coisa boa, você continuará fracassando, este é o comando, e é você que está dando.

Daí, vem os comportamentos NEGATIVOS, eu não vou fazer porque sei que não irei conseguir, é mais fácil entregar-me a bebida, as drogas e ao descaso. É preferível se lamentar, viver entristecido, chorando pelos cantos, ou trancado em um quarto e até mesmo divorciar. Bom, e quem paga as contas depois? Afinal, alguém tem que fazer isso para manter você nesta comodidade negativa. Eu é que não sou, nem me proponho.

Olha só meu amigo, minha amiga, mesmo diante das dificuldades aí é que teremos de agir, surgir das cinzas como a fênix, voar sobre a tempestade como a águia, mas entregar-se JAMAIS!

Mude os seus pensamentos. Enriqueça a sua mente com tudo que for positivo.

Se não deu certo de um jeito, procure outras alternativas, mas não pare!

São nos momentos da crise que nos superamos e mostramos nossa criatividade, nossa garra e força.

Pare de falar dos problemas!

Quer um conselheiro?

Fale PARA os problemas!

Diga para eles que eles não o intimidam e que você irá vencer, superar um a um, com força e muita fé!

Saia deste quarto, de cima desta cama, deixe a bebida de lado, fique sóbrio.

Casais deixem de agredir um ao outro e PENSEM JUNTOS. Vocês unidos encontrarão saídas, acreditem! E por favor, nunca duvidem.

Continue firme, pense positivo e mesmo nas turbulências da vida, você conseguirá enfrentar os maiores e piore problemas e obstáculos, transformando-os positivamente.

Portanto, pense positivo!

Faça as coisas acontecer!

Crie e Supere com força, foco e muita fé!

* Claudia Correia é Psicóloga
[email protected]
Facebook: Claudia Correia de Melo
Site: claudiacorreia.com.br

error: Conteúdo protegido!!!