Artistas acreanos realizam manifesto contra impeachment de Dilma hoje

Artistas realizam nesta quinta-feira, 31, um ato contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff. A manifestação acontece na Praça da Revolução, em frente à Prefeitura de Rio Branco, a partir das 17h. Segundo a organização, o movimento é apartidário.

O organizador do evento, Moisés Alencastro, explica que o ato é em alusão ao dia 31 de março de 1964, quando o presidente constitucional João Belchior Marques Goulart foi deposto por um golpe de Estado, exatamente quando começou a ditadura militar.

A expectativa da organização é que mais de 1.500 pessoas participem do ato. “Nós queremos resgatar esse momento histórico. Além de fazer um manifesto contra essa tentativa de golpe no país”, disse Alencastro.

A programação inclui apresentação de capoeira, cinema, teatro, poesia, música, entre outros. “É um movimento dos fazedores de arte da capital acreana. Não é um movimento ligado a nenhum partido, mas é um movimento político”, afirmou o organizador.

Movimentos no Brasil – Aproveitando a data em que ocorreu o golpe militar em 1964, está previsto um ato em defesa ao mandato da presidente Dilma em Brasília/DF, nesta quinta-feira, 31. A manifestação acontece após duas semanas, do ato anti-Dilma que aconteceu no dia 13 de março. Outros estados do país também devem aderir ao movimento.

Assuntos desta notícia