Deputados do PP decidem apoiar impeachment

Em reunião a portas fechadas no plenário 14 da Câmara dos Deputados, a bancada do PP decidiu apoiar o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Apesar de o resultado não ter sido divulgado oficialmente – a reunião não tinha terminado até a última atualização desta nota – deputados do partido informaram ao Blog que já há maioria em favor do apoio à abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e ao desembarque da sigla do governo. Inicialmente, a reunião trataria somente a respeito do desembarque do partido da base aliada do governo.

De forma reservada, o presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), já avisou ao membros da legenda que, assim que receber o comunicado da bancada da Câmara sobre a saída do governo, o partido entregará o cargo do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi.

Ciro Nogueira informou a deputados do PP que o partido deve entregar o cargo ainda nesta terça. O Palácio do Planalto já foi alertado desse movimento.

O PP era o principal partido com o qual o governo negociava a distribuição dos cargos resultantes da saída do PMDB. Entre os cargos que chegaram a ser oferecidos ao PP estavam o Ministério da Saúde e a presidência da Caixa Econômica Federal.

No Palácio do Planalto, o governo já está extremamente preocupado com o efeito da saída do PP da base aliada

Assuntos desta notícia