Acre recebe mais de 210 mil doses de vacina contra gripe Influenza

Em todo o país, a Campanha de Vacinação contra a Gripe tem início no dia 30 de abril e termina em 20 de maio. O Acre deve receber até o próximo dia 10 mais de 210 mil doses da vacina, apontou a coordenadora de imunização, Dora Holanda. A vacina é trivalente e oferece proteção contra os vírus H1N1.

De acordo com a responsável pela área técnica da Influenza da Secretaria Estadual de Saúde, Tânia Bonfim, não há registro de casos da doença desde 2015. Ela explica que o H1N1 continua circulando no Brasil desde a pandemia de 2009, quando o vírus entrou no país e acometeu milhares de brasileiros.

Por isso, a vacina é tão importante. Os grupos prioritários são: crianças de 6 meses a 5 anos, idosos, gestantes, povos indígenas, população privada de liberdade, trabalhadores da aérea da saúde e pessoas com doenças crônicas. Todos estes devem procurar uma unidade de Saúde para se imunizar.

Dora afirmou que no Acre a campanha deve começar um pouco mais cedo, visto que existem localidades de difícil acesso. Os dados da Vigilância Epidemiológica apontam que, em 2014, foram registrados dois casos de influenza H1N1 no Acre. Os pacientes ficaram internados para tratamento e receberam alta sem complicação da doença

Inicialmente, os sintomas das infecções provocadas por H1N1, H3N2 ou influenza B são iguais, como os de uma gripe comum – ou seja, é impossível diferenciá-las sem exames específicos. No entanto, o vírus H1N1 é potencialmente mais perigoso do que os outros por ter mais facilidade de se replicar no trato respiratório inferior.

A falta de ar é um sinal precoce de complicação da gripe por H1N1. Em alguns casos, o problema surge apenas 36 horas após o início do quadro viral.

No ano passado, a campanha imunizou 84,3% do público-alvo, ultrapassando a meta de vacinar 80% do público-alvo, formado por 49,7 milhões de pessoas consideradas com mais riscos de desenvolver complicações causadas pela doença.

Assuntos desta notícia