Manuel Marcos justifica que valor das diárias na Câmara Municipal sofreu reajuste devido uma Resolução

 O presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, Manuel Marcos (PRB), desmentiu que a Casa Legislativa teria tomado a iniciativa de aumentar as diárias dos vereadores, cargos de confiança e funcionários. Ele explica que ocorreu um reajuste devido à Resolução nº 5/2014.

“Devido à criação dessa Resolução, por meio do IPCA, anualmente ocorrerá esse reajuste nas diárias. Portanto, isso não foi algo que a Mesa Diretora ou vereadores desta legislatura decidiram fazer. A resolução já existe desde 2014, logo, automaticamente, todo mês de janeiro os valores serão reajustados”, disse o vereador.

Manuel Marcos destaca que o reajuste não foi apreciado no plenário da Casa Legislativa Municipal. “Como citei anteriormente, o reajuste é automático, portanto, em nenhum momento os vereadores da Capital apreciaram ou votaram por um aumento. As informações que estão sendo veiculadas a respeito do assunto não procedem”, disse ao comentar ainda que o reajuste sofrido ficou em torno de R$ 54.

Com a correção nos valores, os vereadores que viajarem para os municípios acreanos receberão  R$ 375,81 reais por cada dia em trânsito. Fora do estado, o valor será de R$ 939,54 reais.

Já diretores, assessores técnicos do Legislativo, procurador, controlador-geral, cargos comissionados, chefes de setores e funções gratificadas, respectivamente, receberão R$ 258,36 reais para viagens dentro do estado e fora R$ 681,17 reais. Nos demais servidores, os valores ficaram em R$ 187,90 reais em viagens dentro do Acre e para outros estados R$ 493,26 reais.

 

 

Assuntos desta notícia