Governo intensifica monitoramento a detentos com tornozeleiras eletrônicas

O governador Tião Viana se reuniu na manhã de quarta-feira, 22, com o diretor-presidente do Instituto Penitenciário do Acre (Iapen), Martin Hessel, para tratar da operação de monitoramento de detentos usuários de tornozeleiras eletrônicas.
No Acre, cerca de 800 reeducandos usam o equipamento atualmente. Agora, as equipes de fiscalização do Iapen, junto com a Polícia Militar, realizam uma grande operação de fiscalização desses indivíduos em todas as regionais de Rio Branco, para saber se as medidas judiciais cabíveis estão sendo tomadas.
Além disso, o Iapen tem recebido um grande reforço de equipamentos para seus agentes em unidades prisionais em todo o estado. Recentemente, 1045 coletes foram entregues ao Instituto, além de um investimento de R$ 2 milhões em equipamentos como materiais de informática, mobiliários, aparelhos de ar-condicionado, veículos, aparelho raios-X para a unidade prisional de Feijó e Body Scan (scanner corporal) para o presídio Manoel da Silva Neri, em Cruzeiro do Sul.
Martin Hessel explica que a obra de ampliação do presídio de Senador Guiomard foi concluída, passando de 588 vagas, para 796. As obras nas unidades prisionais de Tarauacá e Cruzeiro do Sul já foram iniciadas, enquanto a ampliação da unidade de Rio Branco está prestes a ser assinada.
Como investimentos futuros, o Estado se prepara para receber um presídio federal e um novo presídio estadual construídos com recursos da União. Com as ampliações e novas unidades, a expectativa é e que sejam abertas até duas mil vagas no Sistema Penitenciário Estadual, suprindo o déficit de mais de 1.800 vagas. (Samuel Bryan / Agência Acre)

Assuntos desta notícia