Homem de 57 anos morre afogado ao tentar atravessar açude no interior do Acre

José Santos da Silva, de 57 anos, morreu afogado nessa segunda-feira (26) em um açude na zona rural da cidade de Plácido de Castro, no interior do Acre. Uma equipe do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros foi acionada para fazer buscas, mas a vítima foi encontrada por familiares.

A informação, segundo os Bombeiros, é que Silva estava com outras pessoas pescando e ingerindo bebida alcoólica quando resolveram atravessar o açude a nado e ele acabou sumindo nas águas.

A equipe de mergulhadores foi acionada por volta de 13h30 e fez buscas até o início da noite, quando precisou suspender os trabalhos por conta da falta de visibilidade e segurança dos militares.

“A guarnição fez as buscas com as informações das pessoas que estavam com o senhor no momento do acidente até o anoitecer. Como as testemunhas estavam embriagadas, estavam dando algumas indicações um tanto contraditórias. No final da tarde, encontraram um boné flutuando e as testemunhas disseram que era do senhor. A equipe ia se deslocar hoje de manhã para continuar as buscas, mas foi informada que o corpo já tinha aparecido, estava na margem”, disse a cadete Laiza Mendonça, dos Bombeiros.

Um irmão da vítima chegou a relatar à polícia que foi informado do afogamento e foi até o local. Quando as buscas foram suspensas pelos Bombeiros, ele resolveu insistir e acabou encontrando o corpo do irmão e acionou a Polícia Militar.

O corpo de Silva foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco para os procedimentos cabíveis. (G1/AC)

Assuntos desta notícia