Pular para o conteúdo
Diz Ministério da Saúde

Adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos no plano de vacinação contra Covid-19

Secretarias municipal e estadual aguardam nota técnica para iniciar vacinação no Acre

O Ministério da Saúde (MS) anunciou, na noite de terça-feira, 27, que adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra a Covid-19, com prioridade para comorbidades.

A expectativa é que a imunização deste público comece após a conclusão do envio de ao menos a 1ª dose para a população adulta. Ainda de acordo com o MS, estados e municípios devem seguir as definições do Programa Nacional de Imunizações quanto aos intervalos entre as doses de vacinas e demais orientações.

Após a distribuição da primeira dose para toda a população acima de 18 anos, será analisada a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina, com base em evidências científicas.

“Nossa expectativa é atingir a população acima de 18 anos vacinada até o começo de setembro. A partir daí, vamos discutir a redução no intervalo da dose da Pfizer, assim a gente avançaria com a 2ª dose em um número maior de pessoas e também os abaixo de 18 anos”, disse Marcelo Queiroga, ministro da Saúde.

Sem previsão

Embora o Acre já tenha aplicado quase meio milhão de doses, número considerado avançado se comparado a outros estados, proporcionalmente, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco e a Secretaria de Estado de Saúde do Acre informaram que ainda não foram notificadas da decisão do MS.

Sobretudo, o secretário municipal de Saúde da capital acreana Frank Lima, informou nesta terça-feira, 27, que “a prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está com o sistema pronto para executar qualquer nota técnica que o Ministério da Saúde expedir para nós, mas dependemos primeiro da manifestação deles”.

Leia também: Prefeitura aguarda nota técnica do Ministério da Saúde para vacinar adolescentes