Pular para o conteúdo
'Operação Remote'

Polícia Federal desmonta esquema de venda de drogas comandado de dentro do presídio

Investigação começou em 2020 e operação contou com participação de 20 policiais

(Foto: Assessoria)

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 6, na região do Alto Acre, a Operação Remote, com o objetivo de combater o tráfico de drogas, bem como outros crimes praticados como meio para a venda de drogas na região do Alto Acre.

A operação contou com a participação de mais de 20 policiais e, durante a investigação, que começou em meados de 2020, a equipe de investigação da delegacia de Polícia Federal de Epitaciolândia identificou um grupo criminoso que vinha praticando o crime de tráfico de drogas, bem como realizando outros crimes como meio de financiar o tráfico.

Ainda durante as investigações, a PF constatou que o grupo agia sob o comando de pessoas de dentro do presídio. Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e sete mandados de prisão preventiva.

Os envolvidos estão sendo investigados, além de outros crimes, pelos delitos de tráfico de drogas e integrar organização criminosa, crimes que, somadas as penas, pode chegar até 23 anos de pena de reclusão. Eles foram intimados a prestarem esclarecimentos sobre os fatos

O nome da operação faz alusão ao modo como as ordens eram transmitidas, ou seja, remotamente a partir do presídio.