Pular para o conteúdo
Contra Covid-19

Rio Branco planeja iniciar vacinação de adolescentes nesta semana

Informação é do secretário Frank Lima, que explica que Capital irá priorizar vacinação desta faixa etária para, depois, antecipar 2ª dose da Pfizer para público adulto

Em contramão à indicação do Estado, Rio Branco vai priorizar vacinação de adolescentes (Foto: Junior Aguiar/Assessoria)

Rio Branco deve iniciar campanha de imunização para adolescentes de 12 a 17 anos até o final desta semana, segundo informou o secretário municipal de saúde, Frank Lima.

A inclusão de adolescentes no Plano Nacional de Imunização contra Covid-19 foi anunciada na última semana pelo Ministério da Saúde e cada município pode decidir sobre o avanço da faixa etária de imunização.  Na Capital, o secretário protocolou, com urgência, um pedido de reunião de pactuação com a Comissão Intergestores Bipartite (Cib), composta por todas as secretarias municipais do Estado do Acre. O objetivo da Secretaria de Saúde de Rio Branco, segundo ele, é priorizar o público adolescente.

“Pedi a reunião de pactuação para decidirmos os próximos passos. Cabe à secretária estadual marcar a reunião, é possível que aconteça amanhã ou, no máximo, na quarta-feira. O Estado pode indicar, mas quem determina o que vai ser feito é o secretário de cada município. Preciso garantir a primeira dose para todo mundo e chegando nos 12 anos quem quis tomar tomou, quem não tomou é porque não quis. Aí a gente volta com a segunda dose”, explica Frank Lima, referindo-se à antecipação da segunda dose da vacina da Pfizer, autorizada, nesta segunda-feira, 2, pelo Ministério da Saúde.

Sesacre orienta que municípios atinjam a meta da 1º dose para reduzir a faixa etária 

Embora os municípios possam decidir quanto ao avanço da faixa etária, (PNI) – como ocorreu em Cruzeiro do Sul -, de acordo com a coordenação estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), o objetivo é alinhar a decisão junto a todos os municípios.

“Baixar a faixa etária não é sinal de que está tudo bem, é sinal de que estamos deixando pessoas para trás, por isso essas discussões têm que ser realizadas em conjunto com os gestores dos 22 municípios”, declarou Renata Quiles, coordenadora estadual do PNI.

Segundo dados do PNI no Estado, até o momento, 78,44% do público-alvo com idade acima de 18 anos foi vacinada, o que significa que 21,56% da população vacinável ainda precisa receber a primeira dose da vacina.

“Temos que cumprir a orientação do Ministério [da Saúde] em relação à meta que eles mandaram pra gente cumprir (de 18 anos ou mais). Só então, a gente deve partir para os adolescentes. Aí sim a gente conversa com o Ministério da Saúde, e com a orientação e autorização deles, a gente pode passar para os adolescentes”, defendeu a secretária de Estado de Saúde do Acre, Paula Augusta Mariano.