Pular para o conteúdo
EM DOCUMENTÁRIO

Mulher de Schumacher chora ao falar da saúde do ex-piloto em documentário: ‘Sinto falta dele todos os dias’

Corinna Schumacher não conseguiu conter as lágrimas durante depoimento para o documentário sobre o heptacampeão mundial de Fórmula 1, da Netflix. A esposa do ex-piloto chorou a explicar o estado de saúde do alemão.

Juntos desde 1995, o casal tem dois filhos: Gina-Maria Schumacher (24 anos) e do piloto Mick Schumacher (22 anos). Após o acidente que deixou o ex-piloto totalmente incapaz, Corinna passou a administrar a vida pessoal do marido. Schumacher sofreu uma queda de ski durante férias em 2013.

Ao relatar como lida com o atual estado do marido, Corinna disse sentir falta de Schumi “todos os dias”. Apesar do relato depois de tanto tempo sem notícias do alemão, sua companheira não deu mais detalhes sobre as condições ou limitações que o marido passa todos os dias.

“Michael ainda está aqui, diferente, mas está aqui. Ele ainda me mostra como é forte diariamente”, contou.

Sobre o acidente, Corinna considerou que Schumacher foi vítima do azar, ainda mais depois de todos os perigos sofridos pelo ex-piloto nas pistas da F1.

“Sempre saímos seguros de suas corridas, o que sempre me deu a certeza que ele tinha alguns anjos da guarda trabalhando por ele (…) Nunca me ocorreu que nada mais poderia acontecer com o Michael. Foi apenas azar, todo o azar que alguém poderia ter na vida”, lamentou.

“Tentamos seguir como uma família, como Michael sempre gostou e continua gostando. Vivemos juntos em casa. Fazemos terapia. Fazemos tudo o que podemos para o Michael melhorar e ter certeza que ele está confortável”, contou Corinna sobre a rotina familiar.