Pular para o conteúdo
durante missa e show

Projeto arquitetônico do Santuário Divina Misericórdia será apresentado no próximo sábado, 25

O Santuário Divina Misericórdia será construído na Avenida Tucunaré, bairro Portal da Amazônia

Divulgação/Diocese de Rio Branco

A Diocese de Rio Branco apresentará aos fiéis no próximo sábado, 25, o projeto arquitetônico para construção do primeiro Santuário de Rio Branco, o Divina Misericórdia, na Avenida Tucunaré, bairro Portal da Amazônia. A missa de apresentação será a partir das 17h e contará com show musical.

Em entrevista à rádio GAZETA 93FM, nesta quinta-feira, 25, o padre Jairo Coelho, destacou aos jornalistas Tiago Martinello e Brenna Amâncio que o projeto começou ainda em 2018 e, no ano seguinte, 2019, foi lançada a pedra fundamental. No entanto, com a pandemia de Covid-19 houve uma pausa nos trabalhos, que serão retomados já no próximo sábado.

“[Na missa] os arquitetos Arison e Luis Felipe, que doaram o projeto para a Diocese, irão apresentar os detalhes do projeto. A fachada tem detalhes muito importantes, que tratam sobre a misericórdia de Deus, é uma igreja pensada e construída com toda a simbologia sagrada e também, após a celebração, teremos o momento musical”, destacou o padre Jairo Coelho.

De acordo com o padre, o espaço será um ambiente acolhedor onde as pessoas poderão fazer sua experiência de fé e ter acesso a um ambiente de convivência entre os fiéis. O local está localizado em uma área estratégica, proporcionando atendimento da comunidade em geral, com foco nos moradores dos bairros Calafate, Jardim Europa, e outros, além de condomínios adjacentes.

Além da construção do Santuário Divina Misericórdia, o padre também falou sobre o trabalho realizado na Casa da Acolhida Souza Araújo, e destacou que a Diocese possui uma conta bancária para receber doações para as obras sociais. Caso queira doar, basta fazer uma transferência bancária para a conta 110273-7, agência 0071-x, Banco do Brasil, em nome de “Obras sociais da Diocese”.

Confira a entrevista na íntegra: