Pular para o conteúdo
Investigação

MPF abre inquérito para apurar possíveis irregularidades na contratação de empresa para limpeza do Into

Inquérito apura suposto ato de improbidade administrativa na lavratura do contrato, entre o Estado e a empresa, sem que tenha havido comprovação da necessária qualificação técnica para a prestação dos serviços e possível apresentação de documentos falsos pela empresa no processo de dispensa de licitação

Um inquérito civil foi aberto pelo Ministério Público Federal (MPF) para investigar irregularidades na contratação da empresa New Times Negócios Ltda, pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), para prestar serviços de limpeza no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into).

No ato, publicado no Diário Eletrônico do MPF e assinado pelo procurador da República Ricardo Alexandre Souza Lagos, o objeto do inquérito é “apurar eventual ato de improbidade administrativa praticado no contexto da contratação da empresa New Times Negócios Ltda. pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre para a prestação de serviços de limpeza hospitalar do INTO-AC”.

Ainda de acordo com o documento, o suposto ato de improbidade administrativa consistiria na lavratura do contrato Nº 374/2020, entre o Estado e a empresa, sem que tenha havido comprovação da necessária qualificação técnica para a prestação dos serviços, além do direcionamento na contratação da empresa New Times Negócios Ltda, o que caracterizaria improbidade administrativa.

Sobre a mesma empresa, fundamenta também o documento,  o Inquérito Policial nº 1002653-76.2021.4.01.3000, que apura a possível apresentação de documentos falsos pela empresa no processo de dispensa de licitação.