Pular para o conteúdo
Cia. Visse e Versa

Companhia de teatro acreana lança site com acervo de memória de seus 13 anos de existência

A Cia. Visse e Versa de Ação Cênica lançou o site com registros fotográficos, informações sobre os integrantes do grupo e sobre os projetos da Cia

Em comemoração aos 13 anos da Cia. Visse e Versa de Ação Cênica,  o grupo lançou um site com acervo de sua trajetória no movimento teatral do Estado do Acre, nesta semana. Na página, é possível acessar os registros fotográficos e conhecer melhor os integrantes do grupo e projetos que a companhia vem desenvolvendo, que vão desde montagens de espetáculos, circulação de peças pelo Brasil e interior do Estado, oficinas de formação até realização de festivais.

A página é resultado do projeto “Companhia Visse e Versa – Acervo em Construção” –  financiado pelo FMC (Fundo Municipal de Culltura) por meio da Fundação Garibaldi Brasil.

“Em um momento de tanto desrespeito e retrocessos em relação à Cultura no Brasil, é muito importante que venhamos registrar a história de um grupo que vem se dedicando ao movimento teatral na amazônia durante todos esses anos, através de um acervo historiográfico que ficará disponibilizado de forma digital para pessoas do mundo inteiro terem acesso enquanto pesquisa e enquanto patrimônio cultural do Acre”, relata Claudia Toledo, presidenta do grupo.
Um dos destaques da Cia, é a idealização e realização do Festival Matias de Teatro de Rua, desde 2015. O nome foi dado em homenagem ao seringueiro, poeta e artista acreano José Marques de Souza, o Matias, um personagem totalmente ligado às questões sociais e culturais do Acre, na década de 1970. A quinta edição do Festival foi realizada em outubro desde ano, com a participação de 12 grupos teatrais de todas as regiões do país.