Pular para o conteúdo
de 2018 a 2020

Pesquisa inédita aponta o Acre como o segundo estado do país que mais elucida inquéritos policiais

Com a conclusão de 92,69% dos inquéritos policiais, o Acre está em segundo lugar no ranking nacional. A média aritmética do Brasil é de 67,61%. Estudo foi promovido pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados

Em primeiro lugar ficou o estado do Maranhão com 98,48% dos inquéritos concluídos, seguido pelo Acre e Raraima (Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp)

Com a conclusão de 92,69% dos inquéritos policiais, o Acre está em segundo lugar no ranking nacional de elucidação de casos da pesquisa pela Associação dos Delegados de Polícia do Brasil (Adepol do Brasil). O estudo foi promovido pela Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e analisou dados de 2018 a 2020 dos 26 estados do país mais o Distrito Federal.

Em primeiro lugar ficou o estado do Maranhão com 98,48% dos inquéritos concluídos, seguido pelo Acre e Raraima, com 88,02% dos casos. Em último lugar, está o Espírito Santo com 26% dos casos policiais solucionados. Os estados do Tocantins e Piauí não repassou os dados para a pesquisa.

A média aritmética do Brasil é de 67,61% de elucidação dos inquéritos. Delitos de violência doméstica e familiar foram os tipos de crime que apresentaram alto índice de resolutividade, em todo país, com mais de 80% dos casos. Foram apresentados também, dados de homicídios e latrocínio.

Com o intuito de se levantar o índice de resolutividade dos inquéritos policiais nas polícias civis de cada ente e outras questões correlatas e da Polícia Federal, a métrica adotada para o estudo utilizou fontes oficiais com dados fornecidos diretamente por cada instituição policial demandada.  A Adepol afirma que não há qualquer viés ou inclinação para o resultado final.

“Apesar de incentivadores, para a própria polícia, e relevantes, para a população do Acre, os números apontados pela pesquisa não me surpreendem. Digo isso pelo fato de ser conhecedor do grau de profissionalismo e da qualidade dos integrantes da Polícia Civil acreana. Isso faz a diferença”, afirmou o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Paulo Cézar Rocha dos Santos.

A pesquisa foi divulgada em outubro deste ano. Confira os dados de todos os estados abaixo:

SÍNTESE COMPARATIVA E ORDENADA DE ELUCIDAÇÃO DE INQUÉRITOS POR ESTADOS DA FEDERAÇÃO BRASILEIRAS (Com base nos anos de 2018- 2020).

ESTADOS INQUÉRITOS CONCLUSOS
ACRE       92,69%
ALAGOAS       58%
AMAPÁ       75,77%
AMAZONAS       86,52%
BAHIA       78,57%
CEARÁ       63,51%
DISTRITO FEDERAL       58,5%
ESPÍRITO SANTO       26%
GOIÁS       66,28%
MARANHÃO       98,48%
MATO GROSSO       35%
MATO GROSSO DO SUL       87,1%
MINAS GERAIS       71,38%
PARÁ        77%
PARAÍBA        75%
PARANÁ        80%
PERNAMBUCO        62,5%
PIAUÍ    Não informou
RIO DE JANEIRO        70,21%
RIO GRANDE DO NORTE        49,6%
RIO GRANDE DO SUL         60%
RONDÔNIA         60,94%
RORAIMA         88,02%
SANTA CATARINA         53,2%
SÃO PAULO         76%
SERGIPE         40%
TOCANTINS    Não informou