Pular para o conteúdo
Quadrilha

Servidor público acreano é preso por fraudar documentação veicular, em operação da Polícia Civil

Funcionário e ex-funcionário da Companhia de Transito (CIRETRAN), de Acrelândia e mais três pessoas de outros estados, foram presos na Operação Limpeza, deflagrada nesta manhã

Ao todo, cinco pessoas foram presas no Acre, Rondônia e Paraná, pela “Operação Limpeza” (Foto: Polícia Civil)

A polícia civil do Acre prendeu cinco pessoas por envolvimento em fraudes de documentação veicular dentro da Companhia de Transito (CIRETRAN), no município de Acrelândia, por meio da “Operação Limpeza”, deflagrada nesta segunda-feira,22. No estado, foram presos um servidor e um ex-funcionário do órgão.

Além deles, mais duas pessoas foram presas no estado de Rondônia, nas cidades de Extrema e Espigão D’Oeste e outra no município de Altônia, no Paraná. A polícia também apreendeu um revólver e 16 munições, uma motocicleta e vários documentos que passarão por perícia técnica.

Segundo informações da polícia, os presos fazem parte de uma quadrilha que adulterava documentos de veículos no município de Acrelândia. A investigação comprovou que um veículo do Paraná teve sua documentação expedida pela Companhia de Trânsito (Ciretran) no município de Acrelândia sem nunca ter saído do estado de origem.

A polícia também apreendeu um revólver e 16 munições, uma motocicleta e vários documentos que passarão por perícia técnica.

Para cumprimento dos mandados de busca e apreensão, a Policia Civil contou com o apoio das policias civis dos Estados de Rondônia e do Paraná logrando êxito nas prisões ocorridas nos municípios dos estados. As pessoas presas em Acrelândia foram conduzidas à Delegacia Geral de Policia Civil no município para procedimento praxe e em seguida colocadas à disposição da justiça.

Leia também: Servidor e mais dois são presos acusados de desviar combustível do Iapen e vender a empresários e fazendeiros