Pular para o conteúdo
Em Cruzeiro do Sul

Homem preso por apologia ao crime tenta suicídio dentro da cela

O detento foi atendido no Pronto-Socorro da cidade onde foi medicado com calmantes e levado de volta para a delegacia

G.S.B., de 30 anos, foi preso na última segunda-feira após ter discurso realizado em velório do primo divulgado nas redes sociais.

O homem de 30 anos, preso nesta semana por apologia ao crime, tentou suicídio dentro de uma cela na Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul, no Vale do Juruá, na última terça-feira,14. Ele já era dentento e vivia em liberdade monitorado por tornozeleira eletrônica, mas após a divulgação de suas falas no velório do primo que foi morto durante uma tentativa de assalto, acabou recebendo outra acusação.

O detento foi atendido no Pronto-Socorro da cidade onde foi medicado com calmantes e levado de volta para a delegacia.

De acordo com informações da polícia, durante a prisão do acusado, trouxas de cocaína  também foram encontradas com o detendo, que agora vai também vai responder por tráfico de drogas, além de apologia ao crime e envolvimento com facção criminosa.

Dicurso em velório

Em um trecho de 30 segundos, é possível ver G.S.B. discursando no velório do primo, menor deidade, o qual ele defende e fala sobre a família do falecido. “Ele não saiu de casa querendo fazer mal para ninguém, quis só dar o melhor para a família. Para mim ele é um herói, um exemplo e nossos corres não vai parar não…”

Euler Nascimento da Silva, de 21 anos, foi morto por um policial a paisana, após roubo a um comércio na cidade de Cruzeiro do Sul, Acre, no dia 10 de novembro.

Veja mais em: “Nossos corre não vai parar não”: Homem que aparece em vídeo no velório de assaltante é preso pela Polícia Civil