Binho entrega Rodovia AC-40, Teatro dos Náuas e Pronto-Socorro do 2º Distrito

upa
 Duas grandes festas marcaram a entrega de obras importantes realizadas pelo Governo do Estado neste fim de semana. No sábado, o governador Binho Marques inaugurou em Senador Guiomard, a duplicação e urbanização da Rodovia AC-40 – uma das mais importantes da região. A festa de comemoração encerrou com um grande show da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó. Já em Cruzeiro do Sul, no mesmo dia, o vice-governador César Messias participou da entrega das obras de reforma do Teatro dos Náuas – o segundo maior teatro do Acre. Também muito prestigiada, a festa teve a participação do cantor Zé Geraldo, um dos grandes nomes da Música Popular Brasileira. A inauguração das duas obras encerrou as comemorações de 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis realizada pelo Governo do Estado.

Duplicada e bem mais segura, a nova estrada de Senador Guiomard foi entregue totalmente iluminada com a mais moderna tecnologia disponível no mercado. Os 13 quilômetros que ligam Rio Branco ao município vizinho foram duplicados e sinalizados. São 12 metros de via, com três metros em cada pista e duas ciclovias de 1,5 metros. Um investimento de mais de R$ 17 milhões.

xixi
Binho destacou que este foi o mês mais curto da história de seu governo pelo grande desafio que impôs à sua equipe: “Esta é uma das obras mais importantes que foram entregues neste mês de novembro, comemorando os 106 anos do Tratado de Petrópolis, que anexou de forma oficial e definitiva o Acre ao Brasil. É uma obra que vai trazer mais segurança para quem trafega e para quem mora ao longo da estrada, que está totalmente iluminada, sinalizada e duplicada. É uma região de escoamento de produção – o que mereceu uma atenção especial. Nós nos colocamos um desafio muito ousado, que foi concluir essas 106 obras e ações relevantes neste mês. Foi um período de intenso trabalho, mas de grandes conquistas para o povo do Acre”, comentou o governador.

A região é um polo produtor e ao longo da estrada 18 entradas de ramais receberam pavimentação asfáltica nos primeiros 50 metros. Para o diretor do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), a obra impôs dois grandes desafios em sua execução: a Curva do Tucumã, local de inúmeros acidentes com vítimas fatais, e o Top 15, ponto final do ônibus que faz a linha Santa Maria, onde os veículos faziam o retorno cruzando a pista.

“Criamos uma baia de ônibus, com um local específico para a parada, e reduzimos bastante a curvatura do trecho do Tucumã. Esses eram os pontos que registravam maior número de acidentes. Os cuidados, aliados à ampla sinalização e iluminação com ‘olhos-de-gato’ e outros recursos, vão contribuir de forma eficaz para a redução no número de acidentes”, disse Marcos Alexandre, do Deracre.

Moradores – Na festa de entrega das obras, os moradores agradeceram os investimentos. Entre eles, o comerciante Manoel de Oliveira. Ele mora na região do Top 15 e tem um pequeno comércio na parada final do ônibus. A iluminação da estrada, para ele, é a parte mais importante. “Antes era muito escuro, perigoso. Os vândalos procuram as regiões mais escuras para roubar. Meu comércio já foi roubado. Mas agora esta estrada está muito segura, bem iluminada, espaçosa. Ficou uma obra muito bonita”.

Lembrança do Acre – Antes de começar o show, Chitãozinho lembrou que a dupla esteve no Acre na década de 80 e que hoje encontrou um Estado muito diferente de anos atrás. “Estamos impressionados com o desenvolvimento e a evolução do Acre, o clima acolhedor e o carinho do povo acreano. Sempre quisemos voltar e agora, a convite do governador Binho Marques, encontramos a oportunidade de vir cantar aqui e trazer o show que comemora os nossos 40 anos de carreira”.

naus
Teatro dos Náuas valoriza cultura do Vale do Juruá

Não podia ter sido mais acertada a escolha do artista Zé Geraldo para fazer o show da reinauguração do Teatro dos Náuas em Cruzeiro do Sul. Ficou provado que o cantor tem um fã clube impressionante na cidade. O público cantou junto seus maiores sucessos e apreciou as novas composições do CD recém-lançado ‘Catadô de Bromélias’, preparado para comemorar os 30 anos de carreira.

O presidente da Fundação Elias Mansur (FEM) Daniel Zen considerou a reforma rea-lizada pelo Governo do Estado como um ato de devolução de um bem artístico à comunidade. Segundo ele, o Teatro dos Náuas é o segundo maior do Estado, e deverá abrigar espetáculos à altura do padrão construído. Ele contou que foram investidos na estrutura R$ 50 mil e outros R$ 300 mil em equipamentos. Segundo ele, o governo está assim garantindo um direito da população que é o acesso aos bens culturais.

O vice-governador César Messias, ressaltou a importância de ter em Cruzeiro do Sul um espaço tão bonito e totalmente estruturado. “Este teatro poderá receber atividades culturais com a qualidade que o povo do Juruá merece”.

Representando o prefeito Wagner Sales esteve presente o vereador Gilvan Freitas, presidente da Câmara de Vereadores e prefeito em exercício. Ele agradeceu ao Governo do Estado pela obra. “Cruzeiro do Sul só tem a ganhar com isso”, disse.
O deputado Edvaldo Magalhães avaliou que devido ao isolamento histórico, o Juruá acabou formando uma cultura muito própria, de onde surgiram diversos artistas. “Nós nos superamos. Nossa região está cheia de talentos e um espaço como esse nos valoriza ainda mais”, disse.

Aplausos ao teatro e ao show – O público que participou do show de reinauguração foi unânime em elogiar tanto o teatro quanto o show do Zé Geraldo. “A inauguração do teatro vem engrandecer a cultura do município e da região do Juruá, essa região que tem uma cultura tão bonita”, disse o diretor da Rádio Verdes Florestas, José Graci. O dançarino Aldinei Gomes também aprovou. “O show foi muito bom e a reforma ficou muito legal”. (Agência de Notícias do Acre)

UPA_copy

Pronto Socorro do Segundo Distrito é entregue à população

FABIO PONTES
O governador Binho Marques entregou na manhã de ontem a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Segundo Distrito de Rio Branco. Iniciada ainda no governo Jorge Viana, a construção do hospital chegou a ser embargada pelo Ministério Público por estar na região onde se concentra o maior reservatório subterrâneo de água da Capital. A entrega da nova unidade absolverá a grande demanda de atendimentos básicos hoje concentrados no Huerb (Hospital de Urgência e Emergência).

Com mais de três mil metros quadrados, a UPA custou aos cofres públicos, entre obras e equipamentos, R$ 7,5 milhões. Com 66 leitos (adulto e infantil), a estimativa é que mais de 400 consultas sejam realizadas diariamente pelos 10 médicos na unidade. Segundo a Secretaria de Saúde, as incontáveis horas de espera por que os usuários do Huerb precisam passar irá diminuir, já que os profissionais do atual PS precisam se dividir entre os casos de urgência e consultas simples.

A construção da UPA no Segundo Distrito é bastante criticada por estar em uma área de difícil acesso. Mas, segundo o governo, o hospital está em um local estratégico. Dados oficiais estimam que 70% dos pacientes que tentam consultas no Huerb são moradores desta região da cidade. Além disso, a localização ajuda no atendimento mais rápido de pessoas vítimas de acidentes nas estradas, evitando que as ambulâncias enfrentem o trânsito pesado do Centro da cidade. 

Para facilitar o acesso da população, rotas regulares dos coletivos foram disponibilizadas para a UPA. A Unidade de Pronto Atendimento acrea-na tem como base a expe-riência do Rio de Janeiro. A UPA carioca chegou a ser visitada pelos integrantes da Secretaria de Saúde. Para o governador Binho Marques, haverá muitas reclamações e transtornos por parte dos pacientes, que precisarão se adaptar ao novo sistema de atendimento.

“Teremos muitas dificuldades”, diz ele. Para que os prejuízos não sejam maiores, Binho pediu a colaboração e o apoio dos funcionários da saúde nesta fase de adaptações. Bordão já tradicional em seus discursos, o governador voltou a falar que o Acre será o melhor lugar para se viver na Amazônia até o final de 2010. Esse triunfo só será conquistado quando o Estado possuir uma educação, segurança pública e saúde de qualidade.

“Até o final do ano [de 2010] nós iremos bater no peito e ter o orgulho de dizer que temos o melhor sistema público de saúde da Amazônia Legal, e isso inclui Mato Grosso e Maranhão; vamos ganhar de lavada”, garante o petista, numa linguagem futebolística. 
 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation