Eletroacre substituirá 1,5 mil geladeiras velhas em seu programa de eficiência

A Eletroacre (Companhia de Eletricidade do Acre) começa hoje o processo de escolha de seus consumidores que serão beneficiados com o Programa de Eficiência Energética 2010. Como meta, a empresa pretende substituir 1,5 mil geladeiras velhas que consomem mais energia por novas que, ao final do mês, contribuirão significativamente na redução de até 7% nas tarifas das famílias acreanas de baixa renda.

O primeiro passo dessa ação será o sorteio dos 1,5 mil consumidores que se encaixam no perfil de baixa renda e que estão adimplentes com suas tarifas. Em todo Acre são mais de 54 mil clientes que atendem às exigências, entre elas, que a instalação seja monofásica. Com o passar dos anos, os eletrodomésticos costumam ser os grandes vilões no consumo de energia residencial.
“Famílias com casas simples e poucos aparelhos elétricos estão com faturas altíssimas. Observando melhor, isso acontece justamente pela ineficiência da instalação elétrica e dos próprios eletrodomésticos”, diz Assurbanibal Mesquita, engenheiro eletricista e consultor da Eletroacre.  

Com a substituição, a empresa estima uma economia no consumo de energia de 700 Kw/h por ano, o que representa uma economia de R$ 300 na tarifa de luz. As famílias beneficiadas estão espalhadas por todo Estado. Com capacidade para 240 litros, as geladeiras novas têm alto padrão de eficiência energética, consumindo 24 Kw/h mensal.
Após a escolha das famílias por meio de sorteio, a Eletroacre as visitará para saber se de fato se encaixam no perfil de baixa renda e precisam ter a geladeira trocada. Comprovada a necessidade, o eletrodoméstico é substituído. Além de economia para o cliente, a meta garantirá menos gastos também para a empresa, e uma conseqüente redução nas suas emissões de gases poluentes na atmosfera.

Com o uso correto dos eletrodomésticos, a Eletroacre estima que mais de 300 mil litros de óleo diesel deixarão de ser queimados nas usinas termelétricas – hoje a principal fonte produtora de eletricidade no Estado. O Programa de Eficiência Energética faz parte de uma resolução da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que obriga todas as concessioná-rias do país a reservar 5% de suas receitas operacionais em ações voltadas para otimizar o consumo de energia.

Desde 2002, a Eletroacre coloca em prática algumas ações. Em 2008, cerca de 14 mil lâmpadas incandescentes foram substituídas por fluorescentes, junto com a melhoria de toda a instalação da fiação, e a troca de 680 refrigeradores. Cursos de formação técnica foram ministrados pela empresa para melhorar o consumo de energia por pequenas empresas e indústrias.

Todas essas melhorias representaram uma redução de 7% com a tarifa de energia pelas famílias beneficiadas. Além de realizar a troca de eletrodomésticos velhos por novos que ofereçam economia, outras dicas devem ser levadas em consideração para não tomar um susto ao final do mês quando a tarifa chegar. Não deixar aparelhos desligados em stand-by nas tomadas é uma delas. Lâmpadas acesas sem necessidade também contribui. 

Segundo o engenheiro eletricista Denny Senna, muitos dos aparelhos vendidos a preços baixos no mercado são os que mais puxam energia. “Ele [o consumidor] economiza na hora de comprar o produto, mas vai pagar ao longo do período com a conta de luz”, afirma ele. 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation