Sete mil profissionais receberão prêmio por produtividade

Mais de sete mil professores da rede estadual de ensino têm garantido o 14º salário que será pago pelo Governo do Estado para os profissionais com melhor produtividade. São professores, diretores e coordenadores administrativos que na próxima quinta-feira, 24, terão em suas contas um dinheiro extra neste final de ano.

Será repassado aos profissionais em forma de prêmio o valor de R$ 2.300 para os que permanecem 20 horas em sala de aula e R$ 1.843 para os professores que ministram aulas por 16 horas semanais. Os diretores recebem R$ 4.637,00; os coordenadores administrativos R$ 2.600,00 e os coordenadores R$ 1.200,00.  Em 2009, conforme foi acordado com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação, será pago 50% deste valor já que a negociação foi finalizada em julho.

O secretário de Fazenda, Mâncio Lima Cordeiro, afirmou que o pagamento da premiação estará na conta dos servidores da Educação no dia 24 próximo. O bônus será pago a 7.321profissionais.
De acordo com a secretária de Educação, Maria Corrêa, todas as instituições e núcleos de ensino da Capital e do interior foram informados de que a premiação será paga depois do término do ano letivo.

“Habitualmente a folha de pagamento é fechada no início de cada mês, e nós precisávamos que os relatórios fossem repassados à Secretaria de Educação para definir quais profissionais iriam receber a premiação”, enfatizou a secretária.

A secretária destacou ainda que desde a sexta-feira, 18, quando o ano letivo foi encerrado na maioria das escolas estaduais, a equipe técnica trabalha no fechamento das informações necessárias para o relatório que incluem dados como a assiduidade, participação no processo de formação e no planejamento das escolas, cumprimento da carga horária. “São informações importantes para medir o envolvimento de cada profissional”. (Agência Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation