Gazetinhas 09/01/2010

* Sexta-feira de cão com o ‘apagão’ de cinco horas.

* Até deu rima.

* Você chega no jornal com todo gás para escrever o editorial, zapear na net para saber sobre as últimas contratações do Fogão….

* se já prenderam o governador Arruda e sua ‘gangue do mensalão nas meias’…

* …se o presidente Lula soltou mais uma de suas tiradas antológicas…

* …se derreteu mais algum pedaço de gelo na Antártica…

* E, de repente, o blecaute, o “apagão”.

* Como já não se faz mais nada sem energia e está tudo em rede, aí pára tudo e você fica uma, duas, três, quatro, cinco horas à toa, com cara de bundão.

* De lascar.

* Ou é a treva, como muita gente dizia ontem repetindo o bordão daquela garota chatinha da novela.

* O que intriga e revolta é que as mesmas autoridades e técnicos do setor de energia que tecem loas à integração ao sistema nacional somem nessas horas para dar explicações.

* Ontem, como em novembro do ano passado, ninguém sabia informar sobre as verdadeiras causas do ‘apagão’ de mais de cinco horas.

* Se foi alguma mucura que entrou na usina em Porto Velho;

* Se foi um macaco-prego que buliu no “linhão”…

* Pior é que no meio da tarde, a energia voltou; em seguida caiu novamente; voltou e aí não há equipamento que suporte tantas oscilações.

* De lascar, de lascar.

* O que não se entende também é por que foram desativadas completamente as termoelétricas que funcionavam na Capital.

* Quem foi o gênio que mandou desativá-las, achando que o Estado não precisaria mais delas?

* Ora, todo mundo sabe que o Acre está no fim da linha, onde o vento faz a curva, e deu no que deu:

* ficou, literalmente, pendurado no “linhão”, pelado com a mão no bolso.

* De lascar, de lascar.

* Mas também, olhando por outra janela, não é o fim do mundo.

* Dirão alguns que, com essas cinco horas de ‘apagão’, o Acre deu mais uma valiosa contribuição para diminuir a emissão de gases;

* um pingüim deixou de morrer na Antártica;

* os picolezeiros faturaram fazendo promoção.

* Enfim.

* Fechando rápido que a energia começou a oscilar de novo.

* É a treva!

* Choveu uma besteirinha no começo da tarde e o calor voltou.

* Segundo os “antigos”, é o verão da seringa”, quando as sementes da seringueira espocam e caem.

* Taí. Sem energia, todo mundo catando semente de seringueira!     

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation