Pular para o conteúdo

Gazetinhas 27/01/2010

* Água nessa terra, só se for de chuva.

* Nas torneiras, que é bom, nada!

* Os consumidores do Saerb, além de não receberem o líquido precioso, vão ter seus nomes inclusos no Serasa se não pagarem suas contas.

* A denúncia, com cópia do documento, está no blog do deputado Calixto.

* O Serasa vai embolsar mais de R$ 30 mil, por mês, para incluir os devedores na famigerada lista de devedores do Brasil.

* A medida é muito antipática, principalmente porque a empresa não presta um serviço a contento.

* Se o Saerb prestasse um bom serviço, se não cobrasse pelo vento que passa pelos canos, se fornecesse água em abundância, se não interrompesse o abastecimento com tanta freqüência, talvez tivesse o apoio da própria população para penalizar os maus pagadores.

* Não é o caso.

* Seria mais interessante investir R$ 30 mil por mês em produtos químicos para o tratamento da água.

*  Falei.

* Com as reformulações imple-mentadas na nova Lei da tarifa social da energia elétrica, o Governo Federal despiu um santo para vestir outro.

* Para se cadastrarem, as famí-lias, obrigatoriamente, devem ter renda per capita igual ou menor que meio salário mínino e participar do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico).

* Na lei ante-rior, a unidade consumidora com gasto de energia elétrica menor ou igual a 80 kWh/mês era automaticamente beneficiada.

* Dessa forma, muitos consumidores que ganham um salário mínimo e, mesmo não consumindo 80kWh/mês, vão sentir uma facada no bolso.

* Os descontos serão calculados da seguinte forma: para a parcela de consumo de energia inferior ou igual a 30 kWh/mês, o desconto será de 65%. Para parcela de consumo entre 31 kWh/mês e 100 kWh/mês o desconto será de 40%. Já para parcela entre 101 kWh/mês e 220 kWh/mês, o desconto será de 10% e para parcela do consumo superior a 220 kWh/mês não haverá desconto.

* É a treva!

* E a redução de 5,74% no preço da tarifa também não está sendo sentida pelos demais consumidores.

* É preciso averiguar as maquininhas que fazem essa leitura do consumo.

* A tarifa diminui, mas o consumo é registrado com um aumento inconcebível.

* É a treva mesmo!

* Ontem, às 10h30, um homem foi assaltado à mão armada a 200 metros da 1ª Unidade de Segurança Pública.

* Os bandidos passaram em frente da delegacia sem ser incomodados pela polícia.

* O mais grave é que a vítima foi orientada, pelo pessoal da USP, a procurar a Delegacia da Sobral para registrar a queixa.

* Tenha dó!

* OAB/AC está convidando para a inauguração de sua nova sede, no Centro Político-Administrativo do Estado do Acre, dia 28 de janeiro, amanhã, às 19h30.

* Eliane Sinhasique – substituta.