Doar leite materno é doar vida

leite

Não existe uma fonte de proteínas e proteção contra infecções melhor para o recém-nascido do que o leite materno. Mas há alguns casos em que a mãe não pode alimentar seu bebê. Por esse motivo, foram criados os bancos de leite humano, que através de doações de mulheres pasteurizam e distribuem esse importante alimento para as crianças que necessitam. Por isso, a maternidade de Rio Branco faz um apelo para a sociedade, pedindo doações de leite materno, que este ano está com seus estoques em níveis bem abaixo do necessário para atender à demanda.

Enquanto a maternidade Bárbara Heliodora passa por uma reforma, o Hospital da Criança foi adaptado até o fim das obras. É lá onde também funciona o Banco de Leite, que recebe doações de leite materno, usadas para alimentar crianças que ainda não tenham capacidade de sugar, que tenham nascido prematuramente ou não podem ser amamentadas pelas mães, devido a alguma patologia ou doença infectocontagiosa. “Janeiro é um mês muito difícil para nós, pois muitas de nossas doadoras viajam ou não podem mais doar”, explica Dayane Faustino, responsável pelo banco.

Nunca houve tranquilidade no banco de leite. As doações não acontecem com muita frequência, sendo necessário realizar uma triagem junto aos que mais precisam. Mesmo a necessidade do leite sendo variável, pois depende do numero de casos com necessidade dele na maternidade, Dayane explica que 50 litros por mês deixariam o banco numa situação confortável. Mas atualmente o banco não consegue doações que superem os 20 litros por mês.

Quem pode doar?

leite_2
A doação pode ser realizada por qualquer mulher que esteja em período de amamentação, que tenha excesso de produção e esteja disposta a contribuir. Para doar é muito simples e bastante facilitado: a doadora deve entrar em contato através do numero 0800-647-1060, dar seu endereço e uma equipe irá na casa da mãe para fazer uma avaliação e, assim, passar a ser uma doadora ativa.

O banco de leite também apela à comunidade para a doações de potes necessários para a coleta do leite materno. Os potes utilizados são os de vidro transparente com tampas de plástico, típicos para produtos como maionese, café solúvel e mel. Essas doações são extremamente necessárias para que o banco de leite continue em plena atuação e possa realizar seu papel fundamental de apoio à vida. 

(Agência de Notícias do Acre)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation