Governo reforça atividade do IML com entrega de veículos

iml

O Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública, entregou na manhã desta sexta-feira sete veículos destinados ao transporte de cadáveres, conhecidos como rabecão. Os veículos reforçam o trabalho do Instituto Médico Legal (IML) e amplia a área de cobertura já que serão designados para os municípios do interior. Dos sete rabecões, três ficam em Rio Branco, e os demais nas regiões do Vale do Juruá, Alto Acre, Tarauacá/Envira e Purus.

Anteriormente, o transporte era realizado por apenas duas viaturas, e a partir de agora o Estado passa a ter maior cobertura. De acordo com o secretário de Polícia Civil, Emylson Farias, antes, em algumas situações, as famílias que perdiam entes, por morte violenta ou por fato delituoso, ficavam responsáveis pelo transporte depois que o corpo era liberado pelo IML.  “Estamos dando um salto qualitativo. Com a entrega destes veículos o Estado se responsabiliza pelo transporte dos corpos”, afirma.

A secretária de Segurança, Márcia Regina, participou da solenidade de entrega dos veículos e destacou o fortalecimento das ações de segurança no Estado. Segundo ela, a reestruturação da Segurança Pública tem permitido resultados satisfatórios, como por exemplo, a redução dos índices de violência. Na comparação dos seis primeiros meses de 2009, com o segundo semestre no mesmo ano, foi registrada diminuição de 13% das ocorrências. “Este ano será importante, porque representa a consolidação do trabalho de fortalecimento dos órgãos de segurança pública”.

Os recursos utilizados para a compra dos veículos é fruto de um convênio firmado entre o Governo do Estado e Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Além dos rabecões já foram entregues outros 34 carros descaracterizados.

Jessélio Ad`vincula Medeiros, diretor de Polícia Técnica, disse ainda que a ampliação do número de viatura de transporte de cadáveres irão garantir a diminuição do tempo de remoção e agilizar o trabalho do IML. “Estes veículos foram adaptados e são apropriados ao transporte dos corpos”, finalizou. (Agência de Notícias do Acre)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation