IEL cumprindo a missão de elevar a competitividade da indústria acreana

IEL_site

Inovação e foco são apenas duas das palavras-chaves que norteiam as estratégias do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) – instituição integrante do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) – que completa 12 anos de atuação no Estado nesta sexta, 29. Com isto em foco, o IEL está sempre se antecipando às tendências do mercado para qualificar os empresários da indústria acreana e, assim, deixar o mercado local em pé de igualdade para competir com as demais regiões do Brasil e até de países vizinhos.

Não seria exagero afirmar, portanto, que a instituição é o braço direito do setor empresarial industrial acreano. É com objetivo de melhorar a atuação e desenvolver ações inovadoras de gestão nas empresas industriais, como forma de garantir a competitividade, sustentabilidade e geração de emprego e renda, que o IEL investe pesado na capacitação de profissionais da área.

Ao dispor de uma equipe qualificada para realizar consultorias em gestão e, assim, atender as necessidades específicas de empreendimentos produtivos, o IEL realiza diversos cursos de capacitação e qualificação, MBA’s nas mais diversas áreas de gestão, além de cursos in company, que define conteúdos focados nos maiores interesses da empresa contratante, na área de conhecimento demandada.

“Uma das áreas que vêm apresentando grande potencial para se desenvolver no Estado, por exemplo, é a da construção civil. Os cursos que realizamos com ênfase nesse segmento apresentam alto índice de procura. Isso demonstra que o IEL é sempre pautado pelas tendências do mercado e, mais do que isso, que o público acredita na seriedade do trabalho realizado pela instituição”, afirma João Francisco Salomão, diretor regional do IEL. Ainda neste segmento, o IEL é a única instituição no Estado que prepara as empresas para obter certificação no Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade no Habitat (PBQP-H).

Para o empresário Carlos Sasai, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Acre (Sinduscon/AC), o IEL foi um grande parceiro da entidade no ano de 2009.

“Todas as nossas demandas foram atendidas com eficiência e competência. Ao longo do ano, o IEL realizou cursos importantes, como o de Orçamento e Controle de Obras, MS Project e o de Almoxarifado, que vieram ao atender as necessidades de qualificação dos empresários e profissionais que atuam no nosso setor”, afirmou. Para 2010, o IEL-AC garante estabelecer uma grade de cursos especializados para atender a demanda apresentada pelas empresas.
 
CREDIBILIDADE – A credibilidade conquistada pela instituição em solo acreano se deve também a parcerias de peso. Para 2010, uma das novidades é a parceria com a Faculdade Meta (Fameta), que será parceira no curso de capacitação empresarial de 270 horas para empresas de gestão familiar.

“É uma nova parceria que estamos firmando e também uma forma de apoiar a faculdade, que é nova no Estado. O curso fornecerá uma visão dinâmica, mecanismos, técnicas e ferramentas importantes para empresários que atuam na seara familiar”, comenta Socorro Bessa, superintendente regional do IEL.

Também estão em andamento dois MBA’s em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) – Gestão Empresarial, que já está no 4º módulo, e Gerenciamento de Projetos para o Setor Público, no 12º período. E, no final de 2009, formou-se a primeira turma em Gerenciamento de Projetos, composta tanto por profissionais do setor privado como do setor público.

Outro projeto em andamento, que conta com a parceria do Sebrae, é o Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), que visa à qualificação de empresas fornecedoras do Estado para atenderem as exigências e requisitos técnicos das grandes empresas, apresentando-lhes também estratégias para boas rodadas de negociações. A ideia é evitar a compra de produtos em outros estados ou até mesmo em outros países e possibilitar a qualificação das empresas fornecedoras indicadas pelas empresas envolvidas que participam do programa.
 
OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO – Além de capacitar profissionais da área de gestão, o IEL dispõe ainda do Núcleo de Informação, composto por profissionais gabaritados para apresentar as melhores oportunidades de investimentos para o negócio em foco. Os estudos e pesquisas desenvolvidos funcionam como uma ferramenta de apoio para o planejamento e a tomada de decisão do cliente, com ênfase nos segmentos industriais, comerciais e de serviços.

“Este ano, vamos continuar com as pesquisas de informações para a indústria, coordenado pela Fieac, bem como realizando as pesquisas de satisfação dos clientes das instituições do Sistema Indústria, além de ampliarmos ainda mais o nosso portfólio de clientes”, adianta Socorro.
 
ESTÁGIO – O IEL fechou o ano de 2009 com 1.400 vagas de estágio abertas em empresas locais e também ampliou a carteira de clientes contratantes, incluindo não apenas empresas privadas, mas também órgãos públicos federais, estaduais e municipais. A meta para 2010, revela a superintendente, é garantir 1.500 vagas para os acadêmicos do Estado. A vantagem da utilização de recursos humanos do meio estudantil para as empresas é a atualização de tecnologias e conhecimentos, ajudando a desenvolver novos talentos, gerando ainda ganhos significativos na produtividade.

“O IEL atua diretamente nos gargalos das empresas. É uma instituição que identifica e propõe soluções inovadoras e eficientes com profissionalismo e seriedade. Logo, o IEL não está de ‘parabéns’ somente neste 29 de janeiro, mas permanentemente”, cumprimenta Carlos Sasai. (Ascom FIEAC)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation