Cruzeirão não terá jogos pelo Campeonato Acreano

Bem que o Náuas EC tentou levar seus jogos para o estádio O Cruzeirão, em Cruzeiro do Sul, porém a equipe do prefeito Wagner Sales entrou em contato com a Federação de Futebol do Acre – FFAC – e confirmou que não tem condições de cumprir as exigências para viabilização de jogos no estádio.

“Entre as principais mudanças estão a diminuição do campo, o que não é difícil, e a ampliação do alambrado, entre outros”, explicou Antônio Aquino, presidente da Federação. Sem condições, o Náuas volta a realizar seus jogos no estádio Totão, distante 30km de Cruzeiro, em Mâncio Lima.

Os outros estádios que pleiteiam jogos em seus municípios, entre eles Antônio Araújo Lopes (Epitaciolândia), Nabor Júnior (Senador Guiomard) e o José de Melo (Rio Branco), terão até o próximo dia 1º para entregar seus laudos. Segundo o dirigente máximo do futebol acreano, os responsáveis pelos estádios terão que entregar os laudos da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Engenharia Técnica.

“Isso é a regra. Está no Estatuto do Torcedor e não podemos ir contra ele”, afirmou Aquino. Ao mesmo tempo que fazia a ressalva sobre nenhum estádio realizar jogos sem os laudos, o presidente da FFAC voltou a afirmar que o estádio Antônio Aquino não receberá jogos pelo Estadual Acreano, pois precisa finalizar a obra, como os portões, acabamento dos vestiários, entre outros.

Parceria – Sem ainda saber qual o valor da parceria, Antônio Aquino deve se reunir na próxima semana com o secretário de Esportes, Cassiano Marques, para definir o total, como será o repasse e quando.

Durante a última reunião, os clubes votaram que eles ficariam responsáveis de deduzir os impostos e não mais a Federação, como nos anos anteriores. Aquino afirmou que só haverá a liberação mediante o desconto por parte dos clubes. “Isso é uma ressalva da Federação para que mais tarde não aja nenhuma complicação”, disse.

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation