Incidência de tremores no bairro Bosque deixa Bombeiros em alerta

A incidência de tremores no bairro Bosque, mesmo que de pequena intensidade, é motivo de alerta para o Corpo de Bombeiros. Nos últimos dez anos, pelo menos quatro ocorrências foram registradas na região. Duas delas no mesmo endereço: o prédio administrativo da Secretaria Estadual de Saúde, na Avenida Getúlio Vargas, que ficou famoso depois dos balanços.

O último tremor ocorreu na Defensoria Pública do Estado, na terça-feira, e apesar de ter sido sentido por apenas duas pessoas, foi suficiente para ser dada a ordem de evacuação do prédio. “Nada é exagerado quando se trata de pessoas. Diante as grandes tragédias que estão sendo registradas no mundo, não podia esperar o pior para agir”, disse a defensora pública geral Maria Angélica Lopez.

Segundo ela, o prédio da Defensoria Pública do Estado, tem uma movimentação diária de aproximadamente 600 pessoas, entre populares e funcionários. Por medida de segurança os trabalhos foram interrompidos logo após o registro e só reiniciados depois que uma equipe do Corpo de Bombeiros fez uma vistoria e não constatou a existência de rachaduras ou comprometimento da estrutura do prédio.

De acordo com o assessor de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros, major Araújo, apesar da estrutura não ter sido afetada, o tremor de pequena intensidade foi constatado durante a vistoria do prédio. Por medida de segurança, a área ficará sob monitoramente constante e a vizinhança também será consultada para saber se outras pessoas sentiram o tremor.

OUTRAS PROVIDÊNCIAS – A defensora pública geral também expediu ofícios ao proprietário do prédio, à Secretaria Esta-dual de Obras e ao governador Binho Marques (PT). Nos documentos, ela relata o ocorrido e solicita providências. O atendimento ao público foi retomado na manhã de ontem.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation