Senai entrega kit de delegação que vai para o Rio

Os dez competidores do Senai que representarão o Acre na Olimpíada do Conhecimento no Rio de Janeiro, a partir do dia 9, foram recebidos na manhã de quinta, 3, na Escola Coronel Áuton Furtado para a entrega do uniforme que usarão durante os seis dias de prova.

A atividade, que incluiu os últimos preparativos para a viagem, foi acompanhada de perto pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), João Francisco Salomão, da diretora regional do Senai, Solange Chalub, do coordenador estadual da Olimpíada do Conhecimento, Mozani Almeida, e do diretor de vendas da Xapuri Motors, Gláucio Lima – parceiro do Senai.

O presidente da Fieac disse que a Olimpíada do Conhecimento tem uma importância que vai muito além da que é dada pelo competidor. “O empresário fica feliz com uma competição como essa porque ele visualiza logo a mão-de-obra qualificada”, destacou.

Paralelamente a isso, ele disse que o Senai tem desenvolvido papel significativo no desenvolvimento industrial do país. “A tendência é que a cada ano cresça o número de pessoas qualificadas nas mais diversas áreas da indústria. E o Senai é responsável por isso”, enfatizou o presidente.

A diretora regional do Senai, Solange Chalub, Lembra que na última edição da Olimpíada do Conhecimento o Acre participou com apenas quatro alunos. Este ano, além de uma delegação de dez alunos com-petidores, levará ainda 13 olheiros, que são alunos novos do Senai com potencial para se tornar competidor no próximo ano.

Do total de competidores, o Acre contará com três na área de Informática, dois em Mecânica de Automóveis, um em Eletricidade, uma em Marcenaria, uma em panificação e dois em Construção Civil. Todos são jovens atendidos pelo Programa Jovem Aprendiz.

Alguns deles já voltarão para Rio Branco com emprego garantido. É o caso de Rafael Araújo, 18, aluno de Mecânica de Automóveis. Ele estagiou durante três meses na empresa Xapuri Motors, representante da Toyota.

“Gostamos tanto do perfil dele que fizemos uma proposta de emprego. Esperamos que ele nos procure quando voltar do Rio de Janeiro”, disse o gerente de vendas, Gláucio Lima.

A empresa é uma das principais apoiadoras dos competidores, explica o coordenador da Olimpíada, Mozani Almeida. “Elas nos dão oportunidade de levar os nossos alunos para treinar lá, em ambiente real de trabalho. Sem esse apoio seria impossível levar competidores tão bem preparados ao Rio de Janeiro”, completou.

Disputa de conhecimento
Quinhentos e sessenta e dois estudantes de cursos técnicos e de aprendizagem profissional de todo o país participarão da Olimpíada do Conhecimento 2010. Organizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a competição é uma mostra das habilidades pes-soais e dos conhecimentos técnicos exigidos pelo mercado de trabalho em 41 ocupações da indústria e cinco dos setores de comércio e serviços. A expectativa, segundo a organização nacional do evento, é que a Olimpíada de 2010 atraia cerca de 230 mil visitantes. (Ascom Fieac)

Assuntos desta notícia

Join the Conversation