Dia da caça: Caçador é ferido com tiro no peito pela própria arma na Transacreana

O trabalhador braçal José Maria Barroso, 50 anos, morador do km 100 da estrada Transacreana, escapou de uma tragédia na madrugada desta quarta-feira, 31, da semana Santa, quando foi caçar e ao tentar atirar em um animal silvestre a espingarda teria “estourado” e o tiro findou por atingir o peito esquerdo do caçador.

cacador_1

A vítima foi socorrida por amigos caçadores e mesmo ferida teve que caminhar por horas dentro da mata, até alcançar a estrada onde pediu carona em uma caminhonete em seguida foi transportado de ônibus até ser interceptado por uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU que o encaminhou ao Pronto Socorro de Rio Branco.

cacador_2 cacador_3

Assuntos desta notícia


Join the Conversation