Pular para o conteúdo

Esclarecimento ao pronunciamento da Dep. Idalina

Palavras da Deputada Idalina Onofre (PPS) – Publicado no jornal A Gazeta do dia 14/04/2010

“ Não produzimos nem cebola porque não temos suporte do Governo para a agricultura”

O Governo não estimula a produção de cebola por alguns motivos bem claros:

A Cebola precisa para obter um bom desenvolvimento de germinação com temperatura de 5 a 25ºC, tendo como faixa ótima de 11 a 25ºC. Nesta faixa de temperatura, a porcentagem de germinação é máxima, assim como aumentam linearmente a taxa de crescimento da planta toda e a área foliar.

Outros problemas com doenças:

1 – Podridão-mole (Pectobacterium carotovorum subsp. carotovora)
Esta bactéria causa apodrecimento de todo o bulbo, inclusive as escamas internas. A doença pode ser muito agressiva em temperaturas acima de 25ºC, e pode atacar durante o armazenamento e a comercialização, confundindo-se com outras podridões bacterianas.

2 – Podridão basal
É doença comum da cebola, tonando-se mais problemática em pós-colheita. Alta umidade e temperaturas de 26 a 28ºC são favoráveis à doença.

3 – Mancha púrpura
É uma das principais doenças da cebola em locais de clima quente (25-30ºC) e úmido. É causada, normalmente, por Alternaria porri (Ellis) Cif., mas também pode ser causada por Stemphylium vesicarium. Os dois fungos também infectam alho, cebolinha e alho porró.
Por esses motivos é mais fácil adquirir este produto produzido por outros estados da federação.
 

Um abraço,
Lourival Marques de Oliveira Filho