Pólo Moveleiro do Acre lança linha de móveis com rede de lojas C&C

O Governo do Estado, através do Pólo Moveleiro do Acre, lançou em parceria com a empresa Casa & Construção, a linha de móveis da coleção 2010 do PMA. O evento foi realizado no stand do Governo do Acre na 4ª Feira Brasil Certificado, em São Paulo.
Certificado
O catálogo Coleção Acre Certificado traz como novidade o parquet, bloquetes de madeira produzida por uma empresa incubada no Polo Moveleiro, além de peças com design inovador e que estão cada vez mais caindo no gosto do consumidor. A C&C reuniu arquitetos e decoradores no stand do Acre para apresentar a nova linha. “Graças a essa parceria a gente consegue hoje distribuir uma série de móveis certificados”, disse o secretário de Florestas, Carlos Resende.

O secretário-executivo do Instituto de Manejo e Certificação Florestal (Imaflora), Luiz Fernando Guedes, referiu-se ao Acre como um Estado de vanguarda no manejo florestal. “O Acre é exemplo para o Brasil. O lançamento desta nova linha é a síntese de um projeto de longo prazo”, completou Guedes. O Imaflora é um dos organizadores da FBC.

A C&C Casa e Construção é o maior grupo de varejo de materiais para construção, reforma e decoração do cone Sul. No total, a rede conta com 35 home-centers padronizados em termos de visual, atendimento, serviços aos clientes e administração, espalhadas pelo estado de São Paulo (Grande São Paulo, Sorocaba, São José dos Campos, Campinas, Ribeirão Preto São José do Rio Preto e Jundiaí) e Rio de Janeiro, mais uma central de Televendas, um departamento de vendas exclusivo para pessoa jurídica e construtoras além da loja virtual (www.cec.com.br).

No total, a C&C dispõe de um mix superior a 40 mil produtos, incluindo produtos de marca própria, a linha C&C Casanova. Para sustentar essa dimensão e a qualidade dos serviços prestados pela C&C, o quadro funcional da empresa é composto por mais de 2,5 mil  colaboradores e 1,5 mil promotores e prestadores de serviços.

O Pólo Moveleiro é resultado da iniciativa do Governo do Estado em parceria com o Banco da Amazônia, Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Sebrae, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, que oferece infra-estrutura adequada para os empreendimentos ligados à movelaria. A certificação, conforme avalia Elisângela Rocha, coordenadora do Pólo Moveleiro, é um aspecto fundamental para o projeto. “A certificação abriu novas e importantes portas para o móvel produzido no Acre”, disse Elisângela.

O setor moveleiro acreano caracteriza-se pela grande quantidade de micro e pequenas empresas (mais de 70% delas possuem até 10 funcionários) com cerca de 400 movelarias que geram, aproximadamente, 1,5 mil empregos diretos. Nos últimos anos, a indústria moveleira acreana vem desenvolvendo a sua capacidade de produção, aprimorando significativamente a qualidade dos seus produtos, utilizando-se principalmente de tecnologias mais avançadas.

Apresenta como principais fatores de competitividade a madeira tropical, a certificação da produção, a inovação baseada no aprimoramento do design e da utilização de outros materiais alternativos de manejos florestais. “É uma ação positiva, os clientes tem gostado”, avaliou a diretora de compras da rede C&C, Alessandra Valle. (Agência Acre)

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation