Discussão durante partida de futebol termina em morte no bairro Calafate

O crime aconteceu por volta das 20h desta terça-feira, 15, quando a vítima, o cobrador de ônibus Emerson Cardoso da Silva,30 anos, mais conhecido pelo apelido de “Neguinho”, foi assassinado a golpes de faca que atingiram o pescoço e as costas da vítima.
Discussao
O crime aconteceu na Rua Natal, Conjunto Valdemar Maciel, bairro Calafate. Segundo informações de testemunhas o acusado de matar Emerson é um morador do bairro identificado pelo nome de Jairo, também conhecido pelo apelido de “Pangaré”.,

A motivação para o crime teria sido uma discussão entre “Pangaré” e Emerson no início da noite durante uma partida de futebol.

Testemunhas contaram a polícia que durante o jogo “Pangaré” deu várias “entradas” violentas em Emerson que por duas vezes teria evitado o contato com o acusado.

Após a partida, quando todos caminhavam em direção as suas residências, “Pangaré” seguiu Emerson e passou a falar mal dele e a chamá-lo para uma luta corporal, mas a vítima que estaria frequentado uma Igreja Evangélica teria respondido ao acusado que nada o tiraria da benção.

Após o jantar, Emerson e um irmão saíram de casa em direção a Igreja que ambos frequentavam com o objetivo de participar de um culto. No meio do caminho se depararam com “Pangaré” que teria ficado aguardando o Emerson e novamente o xingou e  o agrediu fisicamente.

Nesse momento a vítima teria afirmado ao irmão que dessa vez “Pangaré” teria conseguido tirá-lo da benção e partiu para uma luta corporal.

Por estar levando o pior na briga, “Pangaré” teria corrido até a sua residência e retornado armado de faca e desferiu um golpe no pescoço de Emerson que ainda correu alguns metros pedindo socorro e caiu.

O acusado seguiu a vítima e ao perceber que Emerson estava caído no chão teria se aproximado e desferido mais dois golpes nas costas da vítima, em seguida virou o corpo e antes de fugir teria afirmado: “Agora sim, sei que matei, esse não se levanta mais” e saiu de arma em punho tomando rumo ignorado.

Uma equipe de paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU ainda tentou socorrer a vítima, mas ao chegar ao local Emerson já estava morto. 

Discussao_5

Discussao_4

Discussao_3

Discussao_2

discussao_6

Assuntos desta notícia

Join the Conversation