Homem acusado de matar caminhoneiro se apresenta a polícia

No início da tarde de quarta-feira, 16, o motorista Aquiles Oliveira Ferreira, 34 anos, se apresentou ao delegado Alcino Sousa, da Delegacia do município de Bujari, distante cerca de 20 km de Rio Branco.
Caminhoneiro1
Aquiles é apontado por testemunhas como sendo o autor do crime brutal contra o caminhoneiro Sebastião Martins Petri, 55 anos, que foi assassinado a golpes de terçado, na tarde de domingo, 13, na altura do km 52 da BR 364, sentido Rio Branco/Sena Madureira.

O crime teria sido motivado após um acidente de trânsito em que a vítima Sebastião atropelou e matou Antonio Jorge Oliveira Ferreira, 39 anos, irmão de Aquiles.

O acidente teria sido provocado quando o motorista do caminhão tentou desviar de buracos na estrada e colidiu contra a motocicleta em que Antonio Jorge trafegava em direção a cidade de Sena Madureira.

Após a colisão o motorista do caminhão perdeu o controle do carro e bateu contra um barranco na estrada, em seguida desceu do caminhão e correu em direção a vítima com a intenção de prestar socorro, oportunidade em que Aquiles armado de terçado desferiu vários golpes em Petri que morreu dentro de uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU a caminho do Pronto Socorro de Rio Branco.

Na delegacia Aquiles confessou o crime e alegou ter ficado muito nervoso com o acidente sofrido pelo irmão e teria agido sob forte emoção.

O delegado Alcino Sousa que já estava com o Mandado de prisão contra Aquiles o prendeu e o indiciou por crime de homicídio em seguida encaminhou Aquiles ao Presídio Estadual.

caminhoneiro2

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation