Servidores do Saerb entram em greve por tempo indeterminado

Funcionários do Saerb (Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco) fizeram uma paralisação na semana passada, para chamar a atenção da prefeitura na análise das propostas enviadas pelos servidores do órgão. Sem resposta, eles iniciaram a greve hoje, 26, por tempo indeterminado.
Greve Saerb
De acordo com Marcelo Jucá, vereador e presidente do Sindicato dos Urbanitários, a prefeitura não apresentou nenhuma solução aos problemas do Saerb. “Desde o ano passado enviamos a proposta de revisão do PCCSR (Plano de carreira, cargos, salário e remuneração) e até hoje não obtivemos respostas. Com a greve, esperamos que a prefeitura apresente uma proposta.”

Com a greve, apenas 30% da parte operacional está trabalhando. “A intenção é diminuir o número de pessoas trabalhando. Caso não sejamos atendidos, continuaremos em greve”, afirmou Marcelo.

Matusalem de Assis é funcionário do Saerb há 11 anos. Ele afirmou que hoje eles não sabem nem quem está à frente do lugar. “Fomos à direção, mas o Eduardo Vieira disse que quem é o responsável é o Felismar Mesquita. Ao procurá-lo, ele disse que é superintendente do Depasa e que não pode resolver nada. Se vamos à prefeitura, os representantes dizem que quem resolve é a direção do Saerb. Não sabemos mais a quem recorrer”, disse o servidor.

Prefeitura responde às reivindicações
Representantes da prefeitura afirmaram que as reivindicações dos funcionários do Saerb serão atendidas. De acordo com Márcio Oliveira, Secretário Municipal de Coordenação Política, um documento será encaminhado ao movimento. “Fizemos um acordo com os representantes do sindicato depois de várias conversas. Estamos encaminhando uma proposta. Formalizamos isso verbalmente e um documento está sendo fechado para encaminhar ao movimento. Fizemos um levantamento no Saerb das cláusulas administrativas baseada nas propostas que eles nos encaminharam e iremos fazer a revisão em conjunto com o Sindicato dos Urbanitários e com o sindicato geral da prefeitura”.

Uma reunião será realizada hoje com os representantes do Sindicato dos Urbanitários. “Às 16h, estaremos fazendo uma reunião com o sindicato para levantar as propostas e a partir daí traçar um acordo. Com relação ao plano de carreira, vamos discutir ao longo do ano, para encaminhar pra câmara a revisão do plano. Na verdade, as negociações continuam. Não fechamos as portas”, afirmou o secretário.

Márcio acredita que ainda esta semana, a direção do órgão será definida. “No dia 30 de dezembro foi aprovada a lei de delegação dos serviços do Saerb para o Estado. A partir disso foi montada uma comissão do governo e prefeitura para construir o contrato do programa. Essse contrato vai regular a relação entre o Saerb, Estado e município. Essa semana estamos fechando essa proposta do contrato, que irá ser assinado pelo governador e prefeito. Então vai ser resolvida a questão da diretoria administrativa do Saerb”, finalizou.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation