Crime tomando conta

Começam a chamar a atenção e a preocupar os índices de crimi-nalidade registrados em vários municípios do interior do Estado a ponto de a cúpula da Segurança Pública ter que se deslocar para averiguar o que está acontecendo e reforçar o policiamento.

Na semana que passou, Sena Madureira ocupou espaços na mídia com uma relação de atos de violência e de crimes de fazer medo. Mas não é só Sena. Cruzeiro do Sul, Acrelândia, para citar mais dois, também estão em situação parecida.

Em parte, pode até ser que esses municípios estejam precisando mesmo de um reforço no policiamento. Porém, a causa principal deve ser buscada e analisada nas administrações municipais, na atuação de seus prefeitos, incapazes de criar as mínimas condições de desenvolvimento local, com a geração de empregos e renda. Quando não estão enredados em atos de corrupção.

Na falta disso, o que se observa é o tráfico e consumo de drogas tomando conta e no seu rastro tudo o que não presta – o roubo, os assaltos, a prostituição, enfim, a marginalização da sociedade, sobretudo, da juventude.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation