Pular para o conteúdo

Saudável e segura

Além das festividades, a passagem de mais um aniversário da cidade deve servir também para uma reflexão tanto da parte de seus administradores como da sociedade para avaliar seus principais problemas e seus avanços nesses mais de 130 anos de fundação.

É sempre conveniente lembrar que, historicamente, as cidades surgiram para tirar as pessoas e as comunidades do isolamento e facilitar suas vidas com serviços básicos que foram sendo criados nos vários setores, como a saúde, educação, segurança e transportes ao longo dos anos.

É nesta perspectiva histórica que se deve sempre avaliar se uma cidade é um lugar bom para se viver ou não. Ou seja, na medida em que seus administradores e a própria sociedade criem as condições ideais ou pelo menos razoáveis para se viver em comunidade.

No caso de Rio Branco, houve sim avanços significativos nos últimos anos, mas há muito ainda o que fazer para transformar a cidade em um bom lugar para se viver, sobretudo, melhorando as condições de moradia e saneamento básico. Não basta apenas construir uma cidade bonita. Antes de tudo, tem que ser saudável e segura para todos.