Família é retirada de casa pela Defesa Civil após local ameaçar desmoronar com crianças dentro

Uma família de seis pessoas precisou ser retirada de casa com urgência pela Defesa Civil de Rio Branco, na tarde de ontem, 30, após alguns estalos no local. A estrutura de madeira ficou completamente inclinada, ameaçando desabar a qualquer momento. A moradia está localizada na Rua da Zeli, bairro Vila Nova, próximo ao Igarapé São Francisco.

De acordo com o tenente-coronel da Defesa Civil, George Santos, a área é considerada de risco geológico de movimentação de massa. “A casa teve um abatimento de mais de 1 metro e meio. O Corpo de Bombeiro foi acionado e nos repassou este caso. Isolamos a área. Viemos com a assistência social do município para avaliar a situação. Essa família já será encaminhada para o abrigo social”, afirmou.

Ainda segundo George, toda a região está sendo monitorada desde o início das chuvas, em dezembro de 2013. “Assim que a gente notar outra anormalidade que necessite de remoção, nós estaremos fazendo”, promete.

Para evitar que a casa desmoronasse naquele momento, um vizinho ajudou colocando escoras na estrutura. A faxineira Maria Marinho, 39, dona da propriedade, disse que a filha mais velha fez o alerta para os bombeiros. “Eu não tenho medo, mas é o certo a se fazer”, disse durante a mudança do local.

Segundo a aposentada Maria da Conceição Menezes, 68, que mora no bairro há 31 anos, a Rua da Zeli já foi bem maior. No entanto, os desmoronamentos dos últimos 3 anos estão engolindo as casas. “Minha filha morava lá no final, mas precisou sair por causa disso. Todas as casas daqui estão apresentando grandes rachaduras. Não sei dizer se é o Igarapé São Francisco que quer sugar tudo”, palpita.


Assuntos desta notícia


Join the Conversation