Pronta para guerra

Agora é oficial. Deputada Perpétua Almeida é a candidata da Frente Popular do Acre ao Senado Federal.  Não foi simples, não foi rápido, mas a companheira venceu a batalha. Pelo menos, esta primeira. O que já é um bom começo, um bom presságio.

Pela segunda vez consecutiva, Perpétua viu de perto a possibilidade de ser preterida. E a rejeição, vinda de onde se espera apoio, é sempre difícil ser digerida.

Notoriamente impetuosa e passional, a comunista soube, entretanto, agir com sabedoria e maturidade pessoal e política.

Durante todo o processo que antecedeu a escolha do seu nome, manteve-se firme, forte, porém tranquila. Sem ataques desrespeitosos, sem esperneios inconsequentes. Uma Perpétua bem diferente daquela de 2012, com pretensões de disputar a prefeitura da Capital.

O embate com companheiros de coligação, de lutas e história certamente foi um “treinamento” emocional intensivo para a guerra que enfrentará pela frente.

Não há de ser fácil. Mas a candidata mostrou que está pronta.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation